Bagaço de cevada na alimentação animal

Publicado: 19/05/2014
Autor/s. : Prof. Antonio Assis Vieira e Zootecnista Jamil Monte Braz, MSc.

A alimentação é o fator que mais onera os custos da produção animal e por esta razão a procura por ingredientes que possam ser utilizados na alimentação de forma a reduzir estes custos é uma prática corrente na produção animal. Devem ser obtidas informações sobre esses ingredientes com relaç&at...

remove_red_eye 20041 forum 60 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
19 de Novembro de 2019
Professor Assis

O bagaço da cevada úmida passando á ser seca nesse processo de secagem a cevada perde o valor proteico?

Obrigada

Fico no aguardo

Adriana
Responder
19 de Novembro de 2019
Adriana Santos Bem, Adriana, se a secagem for feita de modo correto, não considero que haja perda importante de nenhum nutriente. Por outro lado, sendo um alimento grade quantidade de água e com alta fibra esse componente (fibra) irá elevar assim como todos os nutrientes pela perda da água por evaporação, no processo de secagem. Lembro que o RUC - Resíduo Úmido de Cervejaria, que é do que estou falando, possui mais de 70% de água!!
Responder
8 de Dezembro de 2019
Assis Vieira
Olá professor Assis
Sequei a cevada úmida e levei para uma análise bromatológica o senhor por favor pode me informar se houve perdas...posso dar para o gado ...posso misturar na ração?
Segue o resultado:
MS%94,10....EE%10,49.....M.MINERAL3,77....PB%26,54.....NDT%64,27
FDN%76,47....FDA%...31,61....HEMICELULOSE%44,86.

Desde já agradeço

Adriana
Responder
7 de Dezembro de 2019
Boa tarde.
Onde consigo comprar cevada em Anápolis
Responder
9 de Dezembro de 2019
Adevaldo R Andrade Você deve pesquisar se aí, próximo a Anápolis, tem uma ou mais cervejaria(s) e entrar em contato com ela(s) para verificar se tem o RUC (ou BCV) para você comprar
É o único comentário que posso fazer de longe como estou (Rio de Janeiro, RJ)
Responder
11 de Dezembro de 2019
Assis Vieira
Olá professor Assis
Sequei a cevada úmida e levei para uma análise bromatológica o senhor por favor pode me informar se houve perdas...posso dar para o gado ...posso misturar na ração?
Segue o resultado:
MS%94,10....EE%10,49.....M.MINERAL3,77....PB%26,54.....NDT%64,27
FDN%76,47....FDA%...31,61....HEMICELULOSE%44,86.

Desde já agradeço

Adriana
Responder
4 de Fevereiro de 2021
Em primeiro lugar parabens aos profissionais que de doam para auxiliar os criadores no seu problema principal, que é a redução do custo da ração,
A minha duvida é quanto a substituicao do farelo de trigo pelo RUC bagaço de cevada de cervejaria na formulacao da ração para matrizes suina gestantes e em lactação
Responder
5 de Fevereiro de 2021
antonio barroso OLÁ! O RUC pode substituir o F trigo em até 33% )(ou 1/3) do mesmo, na ração de gestação, considerando o porcentual de ate 30% de F trigo nesta ração. Em outras palavras, o RUC pode entrar em até 10% na formulação da dieta de gestação, atuando, aí, basicamente como fonte de fibras. Na minha experiência, não se recomenda incluir F trigo na dieta de lactação, portanto, nesta não se deve incluir o RUC!
Responder
8 de Março de 2021
Seria possível fazer silagem, e silo ou ensacada? Com utilização de inoculante? Alguém tem experiência? O resíduo que consegui é úmido, tem pouca quantidade de água.
Responder
9 de Março de 2021
Olá, Não tivemos experiência com ensilagem do BCV! O mais próximo disso que fomos, foi armazenar o BCV em tonéis de plástico, na tentativa de prolongar a sua vida útil para ser usado, aqui, considerado "in natura", uma vez que exposto a céu aberto, perdia rapidamente as características originais, ocorrendo fermentação e lixiviação de parte dos seus constituintes para o solo onde era depositado ao chegar da cervejaria! Por outro lado, o teor de umidade do produto era bastante elevado, na maioria das vezes, sempre superior a 60%!
Responder
30 de Março de 2021
Excelentes perguntas e respostas minimizando assim as duvidas de nós pecuaristas!
Responder
10 de Junho de 2021
Ola ! Desejo saber sobre o transporte e armazenagem do RUC para periodos de 120 dias .
Responder
10 de Junho de 2021
Roberto C Dias
Olá, Roberto, Não recomendo o armazenamento do RUC (BCV) por período tão prolongado, pois, certamente ele irá se estragar. Recomendaria quantidades a serem armazenadas por, no máximo até 15 (quinze) dias. Para a nossa região, o transporte do RUC tem sido feito em caminhões de caçamba totalmente fechada, tipo basculante, para evitar o transbordo ao longo das vias, por onde o veículo transita!
Espero ter contribuído!
Assis
Responder
13 de Junho de 2021
Além das questões técnicas de uso e operacinalidade de transporte e estocagem.
Venho Revisando algumas experiências de produtores e bibliografias de órgãos e teses vejo com preocupação as questões de acesso ao produto prq em geral existem intermediários q por questões ambientais se fazem presentes no negócio criando certa dificuldade a retirada deste produto na unidade de produção; monopolizando desta forma o aceso tem termos comercias.
Responder
13 de Junho de 2021
Roberto C Dias Não tenho informações sobre essa situação! Aqui na nossa IES, o BCV era entregue pela Cervejaria, por contrato de parceria da IES com a mesma, enquanto durou a parceria! AMBEV com UFRRJ!
Responder
11 de Julho de 2021
Professor...A proporção de 200g x 50kg de animal foi considerado úmido? Uma vez que eu queira seca-lo, para melhor armazenagem, poderia aumentar essa porcentagem? Falo isso com pensamentos no trato dos equinos.
Responder
12 de Julho de 2021
Daniel Bonatti Não entendi exatamente o que você quis dizer! Daria pra esclarecer melhor, pra ver se consigo entender?
Att
Responder
12 de Julho de 2021
Assis Vieira Desculpa, acho que confundir matérias. Em outra matéria li que o ideal de grãos cereais para alimentação dos equinos seria em torno de 200g pra cada 100kg de animal diário. Sei que não é seu estudo. Mas pegando um gancho na sua pesquisa. Caso eu seque o RUC tenho q aumentar a quantidade diária?
Responder
13 de Julho de 2021
Daniel Bonatti Pela minha experiência, pelo alto teor de fibras do RUC, mesmo seco, este seria (ou é) de muito volume, o que limitaria o aumento de sua proporção na dieta total. Então, eu manteria a proporção sugerida, baseando-me na quantidade de Matéria Seca com a qual o RUC estaria contribuindo nessa dieta.
Não sei se consegui me fazer entender, mas seria isso!
Responder
13 de Julho de 2021
Assis Vieira compreendi perfeitamente. Parabéns pela matéria e prontidão nós questionamentos. Sucesso!!!
Responder
13 de Julho de 2021
Daniel Bonatti Obrigado! Estamos sempre prontos a contribuir, se estiver ao nosso conhecimento!

Responder
17 de Julho de 2021
Qual a melhor dieta pra um reprodutor suíno sei que o assunto aí é cavalo
Responder
23 de Agosto de 2021
Ronaldo Caro Ronaldo, caso esteja questionando de forma geral a formulação sugerida seria: RAÇÃO PARA VARRÕES:

INGREDIENTES (%): MILHO 46, F SOJA 20, F TRIGO 30, NUCLEO REP 4, (TOTAL 100)

Caso seja pensando na inclusão do RUC, SERIA
INGREDIENTES (%): MILHO 46, F SOJA 20, RUC 10, F TRIGO 20, NUCLEO REP 4 (TOTAL 100)

Seno o NUCLEO REP, o núcleo apropriado para reprodução

Espero ter contribuído
Responder
20 de Julho de 2021
Gostaria de saber como ensilar RUC, para prolongar sua utilização. Me cadastrei em uma cervejaria para ter, esse residuo. será fornecido a vacas leiteira e suinos. quais os danos que sua utilização na dieta dos animais em excesso poderia provocar ?
Responder
Jamil Montebraz Jamil Montebraz
Zootecnista
3 de Agosto de 2021
claudio marcio teixeira da cunha A conservação do RUC em estocagem se mostrou complicado, o alto nível de umidade favorece a acidificação e proliferação de microorgasnismos, assim como ovos e larvas de mosca no material. Realmente não tenho informação sobre a ensilagem do RUC, e como seria para se testar isso. O excesso de fornecimento não traz necessariamente danos fisiológicos aos animais mas para suínos por exemplo com níveis de fornecimento acima de 14% na dieta total já se observa queda no desempenho produtivo dos animais com relação a parâmetros como ganho de peso, conversão alimentar, consumo diário.
Responder
18 de Setembro de 2021
Olá posso combinar o resíduo de cervejaria com cana de açúcar(tanto ensilada ou fresca) para gado leiteiro?
Responder
18 de Setembro de 2021
Izac Aguilar Gonçalves MEU AMIGO, infelizmente não poderei lhe fazer nenhuma recomendação, pelo fato de que não tenho experiência com bovinos, sendo temerário, de minha parte, fazer qualquer recomendação. Mas vou verificar se consigo a colaboração de algum colega e, assim que tiver uma resposta entro em contato novamente!
Responder
18 de Setembro de 2021
Izac Aguilar Gonçalves, Meu Caro!
em consulta a um colega de trabalho, o mesmo recomenda, para uma vaca de 20 kg/dia de produção de leite, um fornecimento diário de uma mistura com 28 kg de cana, 20 kg do resíduo de cervejaria, 2 kg de Polpa Cítrica, 1 kg fr Farelo de Soja e 100 gramas de ureia. Essa ureia, se você não tem o hábito de fornecer, convém que sejam 50 gramas por dia, nos primeiros 5 dias e depois mudar para 100 gramas por dia.

Abraço e boa sorte
Responder
21 de Setembro de 2021
Antonio Assis muito obrigado!!!
Responder
21 de Setembro de 2021
Izac Aguilar Gonçalves Não há porque, se fui útli!
Responder
21 de Setembro de 2021
Izac Aguilar Gonçalves Útil! rsrs
Responder
print
(20041)
(60)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
Copyright © 1999-2021 Engormix - All Rights Reserved