Ver:
Jamil Montebraz curtiu o Comentário:
Assis Vieira Muito boa a colocação. Tenho alto interesse nesse assunto. Um assunto moderno. Creio que vale a pena. Nesse sentido tambem gostaria de entender mais sobre o perfil da fermentação da cevada. Tambem, creio ser importante, estudar o questão do efeito do cozimento do malte no processo da industrialização pois creio que aumenta o valor energetico e taxa de aproveitamento pelos bovinos.
Jamil Montebraz curtiu o Comentário:
Carlos Feliz Maggioni, além dos nutrientes citados no BCV, pelo Jamil Montebraz, tenho sempre pensado, embora não tenha me manifestado a respeito, nem estudado (ainda) o possível efeito probiótico que possa conter no mesmo, em razão da presença das leveduras (residuais) fermentadoras do malte da cevada, que favoreceriam no melhor desempenho dos animais alimentados com a ração contendo o BCV.
Jamil Montebraz curtiu o Comentário:
Boa noite pessoal, venho atraves deste tentar agregar informaçoes sobre o bagaço de malte......tenho projetos elaborados na regiao de uberlandia, onde este é um excelente produto utilizado na dieta de animais tomando cuidado em suas dosagens e concentracoes altas de proteinas somadas principalmente com as racoes, precisamos utilizar dietas responsaveis , qto a utilizaçao , utilizamos durante anos ...
Jamil Montebraz curtiu o Comentário:
joao paulo fiscina Sr João Paulo, desculpe-me no tardar da resposta, que nem sei se ainda tem alguma valia. O caso é que às vezes, tenho dificuldade em acessar o Engormix e por essa razão, só agora vi o seu questionamento. Bem, vamos lá a resposta! Do ponto de vista científico, posso dizer que não tenho experiência com o BCV para matrizes. Foi minha intenção pesquisá-lo para animais de reprodução, ...
Participação no fórum de 8 de março de 2018
Carlos Feliz Maggioni Obrigado, o bagaço de cevada contém nível de umidade em torno de 75%, porém é rico em proteína bruta (23%), energia, vitaminas e minerais, com alto teor em fibra bruta (em torno de 20%) e 74% de nutrientes digestíveis totais. Para suínos em crescimento conseguimos o melhor ganho de peso com 12,85% de inclusão, em uma dieta que contava também com ração de alta qualidade a base ...
1
Participação no fórum de 5 de março de 2018
JOSIMAR LANDIM maravilha, no nosso trabalho, tbm comentamos sobre a inclusão de 50% de bagaço de cevada.. "..Com inclusão de 50% atinge-se redução de até 45,96% no custo de alimentação de suínos em crescimento, e com inclusão de 14,91%, a economia seria de 12,14%, que na prática representaria uma recomendação de uma mistura de 61,73 kg da ração de crescimento e 38,27 kg de bagaço de cevada in natu ...
4
Participação no fórum de 1 de março de 2018
Ivo Rodrigues dos Santos Bom dia, penso que toda informação sobre a utilização de bagaço de cevada, também chamado de resíduo úmido de cervejaria, estão disponíveis na internet. Pois sim, participei dessa linha de pesquisa que o Programa de Pós-Graduação em zootecnia da UFRRJ proporcionou, depois do meu trabalho os estudos com o bagaço de cevada continuaram com outros profissionais testando difere ...
3
Participação no fórum de 7 de fevereiro de 2017
A fonte mais uma vez prezado Fabricio, a citação de referência bibliográfica em R. Bras. Zootec., v.40, p.222-231, 2011, supl. especial. De acordo com Carciofi (2008), citado por França et al. (R. Bras. Zootec., v.40, p.222-231, 2011, supl. especial), "O amido dos cereais é a mais abundante fonte de energia para a maioria dos animais domésticos. Para animais não-ruminantes, é desejável maximizar ...
0
Jamil Montebraz curtiu o Comentário:
Artigo e discussões interessantes. Lembranças.
Participação no fórum de 17 de setembro de 2014
Ok Walbens! Um abraço, juntos em busca da produção animal com responsabilidade social, sustentabilidade, bem-estar animal e segurança alimentar. Fornecendo cada vez mais alimentos com qualidade e segurança para a população.
1
equalizer Estatísticas: Artigos(10)Fóruns(17)
Informações
Localização:Rio De Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Perfil: Profissional
Título profissional: Zootecnista