Engormix
Entrar o registar-me
  /  
  /  

Dark House na Avicultura

Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional

Publicado o: 16/04/2009
Autor/s. : Bernardo B. Gallo, Médico Veterinário. Gerente Coorporativo de Fomento. Globoaves Agro Avícola Ltda.
Uma tecnologia mais recente em frangos de corte no Brasil, o sistema “Dark House” já é utilizada a muito tempo em galpões de matrizes, e em outros países já se usa esta tecnologia há vários anos para aves de corte. Poucas empresas brasileiras trabalham com aviários Dark House para a produção de frangos, tecnologia es...
(22409)
(16)
Gilson Marcos Favarão
down arrow
Bela Vista do Paraiso, Parana, Brasil
Gerente Comercial
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
16/04/2009 |


Muito interessante esta materia sobre Dark House, poi para uma pessoa leiga no assunto achei muito interessante, qundo da suas devidas comparações com métos já existente.Sempre que possível gostaria de receber maiores informações,pois resido numa região de variás empresas com sistema integrado. Entre a região metropolitana de Londrina e Maeingá. Por ter minha trajetória profissiona a COOPERATIVA AGRÍCOLA, por período de 15 anos area de administração e mais 14 anos comercializando medicamentos (farmacia) mais um detalhe fiz faculdade d educação física, quase tudo haver um com o outro. 


Mas na verdade estamos aqui para falar de sua matéria repito mais vez muito boa e muito facil de se entender.

Muito obrigado Gilson M. Favara

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
16/04/2009 |

Grande Bernardo!
Parabéns pela coragem de abordar o assunto Dark House perante um público tão seleto...Continue que o terreno é próspero! 

Abraço,
Diomar Roberto Barro
Novartis Saúde Animal

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
16/04/2009 |

Caro Bernardo,
Além do resumo publicado aqui, assisti sua apresentação no evento da avicultura em Chapecó-SC, X Simpósio Brasil Sul. Parabenizo-o pela brilhante exposição dos dados e informações técnicas sobre Dark House baseadas em dados com volumes de criação dignos de credibilidade, bem como a ordenação do assunto mostrando onde estão os maiores custos da produção, claramente vistos no gráfico de pareto, ferramenta que deveria ser usada por todos os gerentes da cadeia produtiva. 


Abraço,
Geder P. Cominetti
Méd. Veterinário

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
17/04/2009 |

Não tenho tanta certeza em relação à questão financeira, pois no sistema Dark House,  gasta-se muito mais com energia elétrica e economicamente, ao final da granjada, temos um resultado zootécnico muito superior e um resultado financeiro real não tão favorável.

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
18/04/2009 |

Caro Bernardo,
parabéns pelo artigo abordando mais uma tecnologia a disposição de uma avicultura digna da primeira colocação no setor e, artigos como o seu, contribuem para essa realidade.
Conheci o sistema Dark House em Campo Verde, na Sadia, em granja de matrizes. Recentemente em trabalho na Perdigão de Mineiros, na criação de Peus e na uinidade de Rio Verde, na recria de matrizes, voltei a ter contato com o sistema Dark House. 

Prestando serviços na Qualificação de mão de obra grnajeira em projeto realizado em Itaberaí, pelo Senar-AR/GO, em parceria com a Associação de Avicultores de Itaberaí- AAVIR e o Sindicato Rural de Itaberaí, com a participação da empresa integradora Superfrango, analisei o programa de luminosidade adotado para o período e, não pode deixar de fazer um comparativo com o sistema Dark House, imaginando como o Dark poderia ser usado na avicultura de corte, como em matrizes. 

Acredito ser necessário analisarmos com cautela esse e qualquer assunto relacionado com aumento de densidade, em relação ao seu custo, como relatado por um participante desse fórum e, não esquecermos que as novas normas de bem estar animal, que muitas vezes funciona como barreira protecionostas ao nosso maravilhoso mercado avícola, devem ser levadas em consideração no momento da decisão de uso da tecnologia.

(0)
(0)
Antonio Carlos Heinzen
down arrow
Nova Veneza, Santa Catarina, Brasil
Gerente de produção
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
17/06/2009 |

Prezado Dr Gallo

Fico muito satisfeito com artigo deste nivel de tecnlogia.
Na minha opinião, o Dark House foi um grande passo na busca do conforto para criação de frangos ( frente aos desafios de dermatoses, C.A.etc.)
Considero que quanto ao B.E.A. quando analisados sem tendencias, comprova-se que nestes aviários dark, consegue-se garantir no interior do aviário toda a parte boa da natureza.
Da natureza, só entra no aviário dark o que é bom para as aves.
O ar, a umidade, a temperatura, a luminosidade, a velocidade do vento, nas quantidade adequadas.
Controla-se a sensação térmica da ave.
O resultado é consequencia disto.
Quem ainda não conseguiu resultado através desta tecnologia, persista até dominar a tecnologia porque não tem volta.
Todas as barreiras de custos devem ser enfrentadas para resolve-las, a exemplo de custos de energia elétrica. vamos correr atras da energia solar, temos toda a area do telhado para captar esta energia, esta óbvio a solução.
Logo logo teremos noticias nesta area aguardem e ai mais uma vez ficara provado que custo é igual a unha, tem que ser cortado toda semana porque só cresce
Abraços e vamos em frente na busca de muito mais tecnologia pois temos que vender nosso frango de cada dia cada vez mais barato para o consumidor.
E a eficiencia é que dará as respostas aos desafios.
ACH




(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
01/07/2009 |

Bom dia estou montando um barracao no Sistema Dark House e preciso bloquear a entra de luz na saida nos exaustores o frigorifico que estou me integrando nao aceitou as placas evaporativas na duas laterais e exigiu um na parte frontal do galpao e alegou que se eu nao colocasse iria ter uma area morta (sem Ventilacao) no inicio do barracao
Preciso bloquear a entrada de Luz na saida dos 12 exaustores com cone que ainda serao intalados.
procurei na internet mas nao encontrei nada nem para comprar nem como fazer se puder me ajudar

Agradeco desde ja

Gostei de mais do seu artigo me ajudou muito

(0)
(0)
Prof. Roberto de Andrade Bordin
down arrow
Sao Paulo, Sao Paulo, Brasil
Doutor Ciencias Veterinárias (Sanidade); Mestre em Zootecnia (Nutrição e Produção Animal); Médico Veterinário
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
21/07/2009 |

Olá amigos tudo bem?

Em relação ao artigo muito explicativo sobre Dark House. Minha opinião, e gostaria de discuti-la, é que vamos entrar em uma época de bem estar animal com muitas regras. O processo de automação ele visa bem estar e volume de animais (caracterizado principalmente), sendo o maior problema a medição destes parâmetros de bem estar...o que vcs sugerem para analisar estes processo de bem estar - apenas produtividade, viabilidade ou dados associados de saúde e estresse como medidas de cortisol? 


Em relação ao amigo avicultor me mande um mail que tenho fotos de galpões com estes bloqueadores...pode ser que ajude.

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
29/08/2009 |

Dr. Bernardo,
Quero parabenizá-lo pelo artigo e dizer que também aprecio muito o tema, tanto que o escolhi para ser o assunto do meu trabalho de conclusão de curso(TCC), pois sou estudante de Medicina Veterinária em Descalvado(SP) e já estou no último semestre.
Gostaria de poder contar com sua ajuda, já que estou com uma certa dificuldade em encontrar artigos e mais dados sobre a criação de matrizes no sistema Dark House.
Se puder, entrar em contato comigo e me fornecer mais dados sobre o assunto, ficarei muito grato!
Meu e-mail é: f_chiaratti@hotmail.com

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
03/09/2009 |

Também estou montando um galpao Dark House vou fazer as placas evaporativas e L na frente e no lado do galpão mantendo as proporções .nos exaustores vou usar cone com persiana móvel que abre e fecha.

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
22/09/2009 |

Bom dia, muito bom o artigo sobre Dark House e principalmente adoro debater problemas solucoes e novos lancamentos nesta area, pois temos que sempre procurar melhorar, e como sempre tudo depende de testes pois fica dificil apenas uma pessoa sozinha conseguir fazer todos os testes possiveis pois fica caro e nem todo mundo tem esta iniciativa, eu estou fazendo de tudop para melhorar o sistema o meu ainda esta em contrucao e tudo que eu vejo e consigo de novo que possa melhorar que nao seja algo tao absurdo de caro eu vou atraz conhecer e acabo instalando tb. 

nao sou nem um PHD no assunto mas tento do meu jeito simples ir atraz conversar com quem entende e ir adquirindo experiencia no assunto e buscando solucoes mais eficientes.
neste momento estou atraz de uma solucao em aquecimento do galpao para os primeiros dias de vida dos pintainhos. estou analizando entre o custo e beneficio do aquecedor a gaz a lenha ou nao sei se vou encontrar, como um amigo aqui do engormix disse usar a energia solar nao sei se conseguirei converter a energia solar aquecendo a agua para aquecer o ambiente ainda nao encontrei nada a respeito se alguem ai por obsequio topar debater este assunto estou disposto a conversar e a tentar solucoes para melhorar e se alguem quiser visitar o meu sistema a qq momento estou de portas abertas ok pois da mesma forma que precisei e preciso de ajuda de terceiros pode ter certeza que numca fecharei as portas para ninguem.

abracos

(0)
(0)
Romão Miranda Vidal
down arrow
Curitiba, Parana, Brasil
Médico Veterinário
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
15/12/2009 |

A tecnologia avícola avança a passos largos em especial a voltada para os sistemas de alojamento de aves.
Acredito ainda que a adoção deste sistema Dark House, ainda necessita de uma maior discussão, em especial a voltada para o Bem Estar Animal. Seria justo privar os frangos de uma luminosidade natural? Seria justo interferir na absorção pelos olhos e calota craniana, dos raios ultra violeta e infra-vermelhos, dentro da faixa de tolerência, que vai das 8,00 a 10,00 horas diariamente? Na realidade a adoção do sistema Dark House, priva os frangos assim criados, do minimum-minimorum de atividade natural. Acredito que se assim se manter estes avanços buscando maiores lucros e deixando de lado o Bem Estar Animal, em menos de uma década, teremos frangos flavorizados e temperados. 

Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal.

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
19/01/2010 |

Prezado Dr Bernardo,

Parabéns pelo TEMA e pela excelente Palestra ministrada sobre este Tema no Congresso Brasil Sul de Avicultura em Chapecó. Com certeza esse Sistema  não terá volta, só precisamos de tempo para que as Empresas aos poucos se adaptem ao novo Sistema, pois, eu creio que com Relação a questões de Bem Estar Animal se avaliarmos com critério, as Aves tem um conforto Térmico muito maior em um Dark House do que em Aviário Convencional, com isso , as Aves estão passando por menos estresse e sofrendo muito menos que em Galpões Convencionais, e isso justifica porque os animais tem melhor desempenho zootécnico, espressam muito melhor sua características genéticas. Não vejo motivos para termos problema com Bem Estar Animal, e se assim for, então será muito mais complicado em Reprodutoras que passam 22 semanas em aviários escuros com menos Luminosidade que frango de corte. Se isso viesse acontecer estaríamos perdendo todo o trabalho realizado por muitos anos pelos Geneticistas, e Bilhões de Dólares investidos até hoje em Melhoramento Genético. Mas com certeza isso não irá acontecer, e essa Tecnologia veio para ficar. Como toda Nova Tecnologia , de início tem seu Custo mais expressivo mas creio que isso vai ser reduzido aos poucos, e hoje já se paga com ganhos em resultados.

Grande Abraço.

(0)
(0)
Romão Miranda Vidal
down arrow
Curitiba, Parana, Brasil
Médico Veterinário
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
10/02/2010 |

Srs.
O assunto merece um apreço especial, em função da importância que passa a serfoco de discussão técnica.
Todas as colocações que até então foramm feitas, se revestem de acuidade profissional, como o assunto assim o requer.
Mas acredito que ainda, o caminho a ser percorrido é relativamente tortuoso e aspero. Afirmar que o sistema Dark House não tem volta, acredito que seria um entusiasmo técnico, mas recheado de coerência, a qual por sua vez apela para um pouco de paciência.
Vamos a alguns tópícos:
1-Investimento fixo: Taxas alta, juros altos, prazos curtos, carência curtas, participação de capital própiro no investimento,
acima de 25%
2-Garantias hipotecárias: O aviário se já não está hipotecado, deverá sê-lo
3-Qual destes sistemas seria usado com mais propriedade: Green House? Blue House? Orange House? ou Dark House?
4-Garantia de remuneração maior para o avicultor que opera no sistema de integração e que adota o Sistema House, seja lá a cor que for
5-A Integradora não se responsabiliza em manter o preço por quilo vivo, praticado no dia da assinatura do contrato de fihnanciamento, até o último pagamento do financiamento. Não é solidária. Portanto se em um perído de 60 meses ( cinco anos) serão alojados 6 lotes/ano ou 30 lotes no período. Caso ocorra uma anormalidade no mercado, que hoje está praticando algo em torno de R$1,65 o quilo vivo e o avicultor passe a receber R$ 1.00 por quilo vivo de frango, já irá compometer seus resultados contratados, com agente financeiro. Ou que por motivos de mercado externo a Integradora, suspenda o alojamento por 3 lotes, de pintainhos de um dia. Como ficará o avicultor ante esta situação, se não tiver capital de reserva para pagar as parcelas do financiamento?

Como ficaria este particular, referente a Ambiência e ao Bem Estar Amimal, não só físico como psicológico.

Ambiência [Do fr. ambiance.] Substantivo feminino. 1. Meio material ou moral onde se vive meio ambiente. 2.Arquit. O espaço, arquitetonicamente organizado e animado, que constitui um meio físico e, ao mesmo tempo, meio estético, ou psicológico, especialmente preparado para o exercício de atividades humanas (*)( ambiente. (FERREIRA, 2004).
(*) Adaptando para produção de aves de corte.
Então pergunto. Como ficamos em relação ao Bem Estar Animal? E o estado Psicológico das Aves? Quem já trabalhou em hípicas ou jockey clubes por certo se deparou com anmias com TOC? Estes animais ficam andando de um lado para o outro. Porque? Por que ficam submetidos a um confinamento quase que total em espaço reduzido. O mesmo poderá ocorrer com as aves. Nada em absoluto substitui a luminosidade natural. No caso da adoção de um sistema Dark as aves não se movimentam muito. Outro fator a ser considerado.Como seria tratada o assunto Termografria?

Concluindo. Investimentos altos. Compromisso de compra e venda por parte do Integrador, pelo prazo do financiamento, para se adotar um sistema Dark. Ambiência. Bem Estar Animal. Seria ético e humano adotarmos estes procedimentos, para aumentar os rendimentos, em pequena monta para os avicultores e em grandes montas para os Integradores?

Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal

(0)
(0)
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
07/09/2010 |

Prezados colegas,
tema muito polêmico o Dark House, como expressou o professor Romão. Portanto, delongar em suposições e hiopóteses seria muito cômodo, uma vez que defendemos aquilo que acreditamos. 

Embora a avicultura seja uma caixa de surpresas, nesses 20 anos em que convivo com ela, já vi e vivi de quase tudo. Creio que mudanças devem existir sempre buscando o equilíbrio, que na maioria das vezes deixamos para traz em busca de satisfação profissional ou até mesmo para contemplar o nosso ego, justificando em cima da ave tais procedimentos tecnológicos.
Nos adequarmos ao modismo é talvez o maior prejuízo que a atividade traz embutido no âmbito de mudanças e adequações tecnológicas. Explico com a seguinte explanação. Sou hoje integrado de uma empresa integradora de aves em Goiás, ode tive o prazer de trabalhar por 15 anos e, afirmo que nem 60% dos aviaários dessa integradora utilizam os recursos oferecidos pelos seus aviários que são evaporativos com pressão negativa. Como eles migraram dos galpões convencionais, como irão agora, migrar para outro sistema, se não conseguem extrarir benefícios e lucros do sistema que estão agora? A remuneração ofertada pela integradora muitas vezes não cobre os custos, e o integrado não consegue nem produzir algo mais, pois a mão-de-obra que opera os galpões são despreparadas demais. Creio que foi nesse aspecto que o colega Romão colocou seu ponto de vista.
Por outro lado, ministro cursos de qualificação de mão-de-obra prestando serviços ao SENAR/AR-GO e acompanho em MIneiros-GO a implantação da criação de Perus. Quem conhece a região sabe que desafio é esse. Parafraseando o colega: criar perus no sul é fácil, quero ver aqui. Alusão as recomendações feitas pelo staf da empresa que não deram certo naquela região.
Então senhores, antes de concluir, temos as exigências de mercados especiais, onde se fazem presentes as normas de ambiência e de bem estar animal, que complicam um pouco toda essa temática, que não tira o brilho da atividade, a comptência de todos os profissionais que militam na área, a busca contínua pelo melhor resultado, fazendo dessa atividade um exemplo de supereção e eficiência.

(0)
(0)
Alex
down arrow
Forquilhinha, Santa Catarina, Brasil
Engenheiro Industrial
Re: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional
21/05/2012 |

Bom dia.

Muito boa a materia sobre Dark House estou fazendo um TCC de engenharia de produção sobre este assunto, na região sul do Pais este sistema esta bem avancado na região de Criciuma Santa Catarina temos cerca de 60 aviarios desse em operação tamnho de 28 mts X 150 Mts. 

Quanto ao rendimento do frango é bem superior ao tradicional, melhor GMD conversão alimentar entre outros, se alguem tiver mais informações sobre este manejo poderia postar aqui.

(0)
(0)
(22409)
(16)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Fórum: Dark House: Manejo x desempenho frente ao sistema tradicional?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes

Não serão publicados os comentários:

  • Com repetidos erros de ortografia.
  • Anúncios, Web sites ou endereços de e-mail.
  • Perguntas ou respostas irrelavantes para a discussão.
COMENTAR
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
Videos (6)
A Dra. Daniella Jorge de Moura adianta o próximo WAPA Express
 
 
INTRODUÇÃO A criação de galinhas nas propriedade...
 
O setor de postura brasileiro vem se dinamizando ao longo dos últimos 15...
Julian, Realmente percebemos maiores problemas em tubulações met&...
 
Bom dia. Muito boa materia estou fazendo um TCC engenharia produçã...
Serviços Profissionais
    |     Quem somos nós?     |     Anuncie em Engormix
Copyright © 1999-2014 Engormix.com - All Rights Reserved