Estimativa de herdabilidade de medidas corporais, perímetro escrotal e carcaça em bovinos da raça Nelore participantes de exposições

Publicado: 28/08/2013
Autor/s. :
Sumário

O objetivo do estudo foi estimar herdabilidade (h2 ) para perímetro torácico, perímetro escrotal, comprimento corporal, altura anterior, altura posterior, área do olho do lombo e espessura de gordura no lombo e na garupa de animais Nelore participantes de dois campeonatos (8 a 12 e >12 a 16 meses de idade) em julgamento de exposições. Modelos animais considerando os efeitos fixos de grupo de contemporâneo e idade à medida como covariável e o efeito aleatório genético aditivo foram ajustados por REML. As h2 variaram de 0,19 a 0,63 e de 0,35 a 0,63 nos dois campeonatos estudados.

Palavras-chaves: Bos indicus, parâmetros genéticos, ultrassom

1. INTRODUÇÃO

Mesmo com a grande disseminação de técnicas de melhoramento animal e do surgimento de programas de seleção, avaliação genética, testes de desempenho e provas zootécnicas, uma das formas ainda usadas na seleção de bovinos é a utilização das pistas de julgamentos em exposições agropecuárias. Embora os julgamentos em exposições não utilizem técnicas modernas de melhoramento animal e não sejam abrangentes em termos de número de animais avaliados, as exposições agropecuárias certamente têm efeito sobre o melhoramento da raça, uma vez que os animais campeões são rapidamente disseminados na população via sêmen ou ovócitos. O objetivo do presente estudo foi avaliar a variabilidade genética de várias características de importância econômica em animais Nelore participantes de exposições.

 

2. MATERIAL E MÉTODOS

Este estudo foi realizado com informações de bovinos da raça Nelore do banco de dados da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Uberaba-MG. A coleta dos dados efetuou-se durante a recepção dos animais na Exposição Internacional das Raças Zebuínas, nos anos de 1998 a 2010, Exposição Nacional Mineira da Raça Nelore, de 2007 a 2010 e na Exposição Internacional da Raça Nelore, de 2000 a 2005 e 2008 a 2009. Foram coletadas as seguintes características: comprimento corporal (COMP), altura posterior (ALT_P), altura anterior (ALT_A) em machos e fêmeas, e perímetro torácico (PT), perímetro escrotal (PE), área do olho de lombo (AOL), espessura de gordura na costela (EGS) e na garupa (P8) obtidas por ultrassonografia, apenas nos machos, as quais foram analisadas considerando-se dois campeonatos (bezerro e novilho menor). No arquivo do campeonato Bezerro, foram considerados animais de 8 a 12 meses de idade, filhos de 500 touros, e no campeonato novilho menor animais acima de 12 até 16 meses de idade, filhos de 422 touros. O arquivo de pedigree continha 33.815 animais, incluindo até a terceira geração dos animais com registros. O modelo incluiu grupo de contemporâneo (GC) como efeito fixo, o efeito da idade como covariável, o efeito aleatório de animal e resíduo. O GC foi composto pelas variáveis ano e mês da exposição, categoria do campeonato e sexo. GC com menos de quatro animais e que apresentavam filhos de um mesmo touro, foram descartados.

O pacote estatístico SAS (SAS, 2001) foi utilizado para consistência do banco de dados e o ASREML (GILMOUR et al., 1999) foi usado para estimar os componentes de variância por máxima verossimilhança restrita em análises unicaracterísticas.

 

3. RESULTADOS E DISCUSSÃO

Números de observações, médias, desvio padrão, estimativas de herdabilidade (h²) e erropadrão das características analisadas estão apresentados na Tabela 1. CYRILLO et al. (2001), relataram estimativa de h² de 0,10, 0,44, 0,13 e 0,58 respectivamente para perímetro torácico e escrotal, comprimento corporal e altura de posterior de machos Nelore aos 378 dias de idade, e MAGNABOSCO et al. (2002) relataram coeficientes de h² de 0,49, 0,02, 0,32, 0,56 e 0,54 para perímetro torácico e escrotal, comprimento do corpo, altura de anterior e posterior em bovinos da raça Brahman. Essas estimativas foram inferiores às obtidas no presente estudo, exceto para perímetro torácico, altura de anterior e posterior no campeonato novilho menor, sugerindo que as características avaliadas apresentam considerável variação genética, sendo passível a seleção.

YOKOO et al. (2010) relataram estimativas de h² de 0,29±0,07 para AOL, 0,50±0,09 para EGS e 0,39±0,09 para P8 avaliadas em bovinos da raça Nelore com idade compreendida ente 450 a 599 dias. Estas estimativas de h² são consideradas de média a alta magnitude e estão bem próximas das encontradas no presente estudo, mostrando que essas características, podem ser usadas como critério de seleção.

Tabela 1. Número de observações (NOBS), média (M), desvio padrão (DP) e estimativa de herdabilidade (h2 ) e erro padrão (EP) das características analisadas

É importante destacar, como os dados analisados nesta avaliação serem provenientes de bovinos participantes de exposições agropecuárias, ou seja, animais que certamente foram submetidos à seleção prévia por determinado critério, era esperada redução da variabilidade genética, fato que não ocorreu.

 

4.CONCLUSÃO

As estimativas de herdabilidade das medidas corporais, perímetro escrotal e carcaça são de média a alta magnitude, portanto, essas características são passíveis de seleção.

 

5. AGRADECIMENTO

À ABCZ, por fornecer a base de dados e apoiar estudos em zebuínos

 

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CYRILLO, J.N.S.G.; RAZOOK, A.G.; FIGUEIREDO, L.A. et al. Estimativas de tendências e parâmetros genéticos do peso padronizado aos 378 dias de idade, medidas corporais e perímetro escrotal em machos Nelore de Sertãozinho, SP. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 30, p. 56-65, 2001.

GILMOUR, A.R.; CULLIS, B.R.; WELHAM, S.J. et al. 1999. ASREML Reference Manual. Orange, NSW Australia. New South Wales Agriculture.

MAGNABOSCO, C.D.U.; OJALA, M.; REYES, A. et al. Estimates of environmental effects and genetic parameters for body measurements and weight in Brahman cattle raised in Mexico. Journal of Animal Breeding and Genetics, v. 119, p. 221-228, 2002.

SAS INSTITUTE. SAS/ETS User´s Guide. Version 8.1 ed. Cary: SAS Institute, 2001.

YOKOO, M.J.; LOBO, R.B.; ARAUJO, F.R.C. et al. Genetic associations between carcass traits measured by real-time ultrasound and scrotal circumference and growth traits in Nelore cattle. Journal of Animal Science, v. 88, p. 52-58, 2010.

 

***O trabalho foi originalmente publicado durante o I Encontro Científico de Produção Animal Sustentável - 01 de setembro de 2010 - Instituto de Zootecnia (IZ), Nova Odessa, SP.

 
remove_red_eye 368 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved