Níveis de aflatoxinas em arroz

Publicado: 18/04/2013
Autor/s. :

INTRODUÇÃO: As aflatoxinas (Afs) são produtos naturalmente produzidos por fungos do gênero Aspergillus, principalmente A. parasiticus e A. flavus, sendo contaminantes de uma série grãos, sementes e subprodutos, entre eles o arroz. Quando ingeridas, as Afs podem ocasionar danos à saúde humana, como hepatopatias, além de poderem afetar outros órgãos como os rins, o baço e o pâncreas.

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar a incidência de aflatoxinas em arroz usado na alimentação humana.

METOLOGIA: Foram analisadas 187 amostras, durante o período de janeiro de 2001 a abril de 2004. O método empregado para extração, clarificação e quantificação das Afs foi preconizado por MALLMANN et al. (2000), que consiste na extração com acetonitrila:água (84:16, v/v), secagem e posterior ressuspensão com acetonitrila:água:ácido acético (840:160:5, v/v/v), seguida de clarificação automatizada com sílica, derivação com ácido trifluoracético e injeção em cromatógrafo líquido de alta eficiência (HPLC) com detector de fluorescência.

RESULTADOS: Das 187 amostras analisadas, 26 (13,9%) apresentaram positividade para Afs, com média de 7,02 μg/kg e máxima 101,7 μg/kg, sendo que somente esta atingiu o valor acima do recomendado pela legislação do Mercosul (20 μg/kg).

CONCLUSÃO: Devido à importância deste cereal na alimentação humana, conclui-se que devem ser realizadas boas práticas de cultivo, transporte e armazenamento, bem como monitoramento constante antes do consumo deste cereal, resguardando, assim, a saúde da população.

BIBLIOGRAFIA: MALLMANN et al., Automation of the analytical procedure for the simultaneous determination of aflatoxins AFB1, AFB2, AFG1 and AFG2. In: x International IUPAC Symposium of the Mycotoxins and Phycotoxins, Guarujá, São Paulo, Brasil, 21-25 de maio, p. 35, 2000.

 
remove_red_eye 39 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved