engormix
search
search

LAMIC - Laboratório de Análises Micotoxicológicas - Universidade Federal de Santa Maria

LAMIC - LABORATÓRIO DE ANÁLISES MICOTOXICOLÓGICAS - Brasil

LAMIC -  LABORATÓRIO DE ANÁLISES MICOTOXICOLÓGICAS
LAMIC - LABORATÓRIO DE ANÁLISES MICOTOXICOLÓGICAS
História
share print
Compartilhar :
close

O Laboratório de Análises Micotoxicológicas da UFSM atende às maiores indústrias alimentícias do Brasil, garantindo a qualidade dos alimentos consumidos por todos os brasileiros.

Em nosso País, 30% dos alimentos processados passam pelos rigorosos critérios de precisão, confiabilidade e de controle de qualidade do LAMIC.

O Laboratório de Análises Micotoxicológicas aprimora constantemente seus serviços, diminuindo o tempo necessário para a obtenção de resultados e aumentando a precisão de avaliação das amostras. Um exemplo disso é que as dez maiores indústrias de alimentação do Brasil são atendidas com exclusividade pelo LAMIC.

Metodologias do LAMIC

Histórico LAMIC

1986 - Início das atividades do LAMIC por uma equipe multidisciplinar do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva (DMPV) e do Departamento de Análises Clinicas e Toxicológicas (DATC), liderada pela equipe da professora Maria Antonieta Baldissera.

1987 - Implantação do método de multidetecção de micotoxinas. Primeiro diagnóstico de presença de aflatoxinas em amostra de ração.

1990 - Foi defendida a primeira tese de mestrado na área de micotoxinas. 
Carlos Augusto Mallmann - INFLUÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE DOIS NÍVEIS DE ZEARALENONA EM DUAS FASES DA GESTAÇÃO SOBRE O DESEMPENHO REPRODUTIVO DE PORCAS.

1991 - Implantação da metodologia para determinação de DON por CCD.

1992 - Início da produção de Aflatoxinas.

1993 - Obtenção do equipamento de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência e início da coordenação das atividades do LAMIC pelo Professor Carlos Augusto Mallmann.

1994 - Início da avaliação de adsorventes de micotoxinas em dietas animais.

1995 - Implantação da metodologia para determinação de Aflatoxina M1 por HPLC.

1996 - Implantação da metodologia para determinação de Fumonisina B1 por HPLC.

1997 - Implantação da metodologia para determinação de Fumonisina B2 por HPLC. 
Mestrado: Samira Hamalla do Canto - AVALIAÇÃO DO USO DE BENTONITA SÓDICA NATURAL NO CONTROLE DE AFLATOXICOSE EM COELHOS.

1998 - Implantação da metodologia para determinação de adsorção “in vitro”. Implantação da metodologia para determinação de Toxina T2 por CCD. 
Mestrado: Paulo Dilkin - PRODUÇÃO DE FUMONISINA B1 E B2 E AUTOMAÇÃO DA METODOLOGIA ANALÍTICA.

1999 - Início do controle de qualidade analítica pelo FAPAS. Aquisição do equipamento de ASPEC XL4. 
Mestrado: Rosâine de Jesus Quevedo de Morais - DETERMINAÇÃO DE ERGOSTEROL POR CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA.

2000 - Credenciamento pelo Ministério da Agricultura. Início das atividades do LAMIC em novas instalações. 
Mestrado: Rosângela Rodrigues Marques. DETERMINAÇÃO DE VITAMINA A EM PREMIX PARA ANIMAIS.

2001 - Automação de análises de micotoxinas e avaliação de atividade de água.
Mestrado: Eliza Beti de Cassia Stefanon - DETERMINAÇÃO DE VITAMINAS LIPOSSOLÚVEIS EM MULTIVITAMÍNICOS UTILIZANDO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIAS; 
Clarice Pinheiro Mostardeiro - QUANTIFICAÇÃO DE CARBAMAZEPINA E CABAMAZEPINA-10,11 EPÓXIDO EM PLASMA, UTILIZANDO CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA; 
Carlos Alberto Araújo de Almeida - USO DE ADSORVENTES NATURAIS DE AFLATOXINAS EM AMENDOIM E SEUS DERIVADOS.

2002 - Aquisição do equipamento de GC/MS.- Implantação da metodologia para determinação Ocratoxina A por HPLC. 
Mestrado: Fontana Sául - POTENCIAL DE INBIÇÃO IN VITRO DE LINHAGENS DE MILHO (ZEA MAYS L,) SOBRE ASPERGILLUS PARASITICUS E PRODUÇÃO DE AFLATOXINAS.

2003 - Aquisição do equipamento de LC/MS.

2004 - Início dos trabalhos da Adisseo no LAMIC. Implantação da metodologia para determinação de Tricotecenos por GC/MS. Início das atividades de avaliação de adsorventes para micotoxinas “in vivo” no LAMIC.
Mestrado: LISANDRA MURMANN - CONDIÇÕES HIGÊNICO-SANITÁRIAS DOS ESTABELECIMENTOS QUE COMERCIALIZAM ALIMENTOS NA CIDADE DE SANTA MARIA.

2005 - Acreditação pelo INMETRO NBR/ISO 17025. Aquisição do equipamento de LC/MS/MS. Implantação da metodologia para determinação de Patulina por HPLC.

2006 - Mestrado: Fevereiro – Leandro Zanini Gaconini – QUANTIFICAÇÃO DE VITAMINA A EM CONCENTRADOS POLIVITAMÍNICOS POR CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA.
Mestrado: Dezembro – Ricardo Hummes Rauber – SENSIBILIDADE DE PERUS (Meleagridis gallopavo) ÀS DIFERENTES DOSES DE AFLATOXINAS NA DIETA.

Staff
Médico Veterinário
Brasil
Tecnologia da Informação/LAMIC
Brasil
Zootecnista
Brasil