O Uso de Ácidos Orgânicos e Suas Particularidades na Produção Animal

Publicado: 22/02/2011
Autor/s. : Julian C Borosky (Trouw Nutrition Brasil)

O uso de ácidos orgânicos como aditivo conservante de alimentos e promotor de crescimento tem sido empregado há muitos anos na produção de aves e suínos. Nessa categoria de aditivos encontram-se os ácidos graxos de cadeia curta (SCFA - do inglês, Short Chain Fatty Acids) e os ácidos graxos de cadeia média (MCFA - do inglês, ...

remove_red_eye 15516 forum 16 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Robison De Lara Robison De Lara
Biólogo
11 de Novembro de 2011
Ótimo artigo técnico.
Gostaria de saber se a utilização de ácido cítrico na água de beber no processo de pré-abate, pode ser considerado como um produto que auxilia a flora intestinal promovendo uma melhor liberação do sistema gastrointestinal.
Tenho realizado uma experiência com o ácido cítrico na água de beber antes do abate e notei que após duas horas a água estava completa suja resíduos fecais. Tenho realizado estes procedimentos 10 horas antes do abate e notei que há um esvaziamento estomacal considerável quando não a utilização do ácido cítrico.
obrigado.
Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
12 de Novembro de 2011
Prezado Robison,

eu não entendi direito seu comentário. Você disse que após usar cítrico antes do abate, após 2 horas, a água estava suja com resíduos fecais. Qual água? a de bebida????

eu não tenho grandes experiências nesse sentido, uma vez que nosso foco é a saúde intestinal. No entanto, existem trabalhos na literatura que indicam que os acidificantes aumentam o transito gastro-intestinal.

att,
Responder
Robison De Lara Robison De Lara
Biólogo
14 de Novembro de 2011
Saudações Julian.
Desculpa pelo pela redação.
Trabalho com criação de jacarés em MT.
Trabalho junto com um veterinário e estamos encontrar meios que diminuam uma possível contaminação fecal no momento da esfola dos animais.
O Alessandro RT da empresa realizou Pós em Salmonella e eu conclui a graduação identificando possíveis ponto de contaminação por Salmonella.
Ficou determinado que um dos pontos é o pré abate.
Na criação de jacaré o pré abate consiste em que os animais ficam em jejum com dieta hídrica.
Enquanto estão em jejum, a pedido do MAPA (durante inspeção) pediu para utilizar acido cítrico dentro do tanque em que os animais ficam durante o período de pré abate.
Mas não nos informaram o motivo para utilizar...entretanto compramos e começamos a usar dentro do tanque em que a água serve para os animais se refrescarem como também para beberem.
Utilizamos 20gramas por litro de água (recomendações do fabricante) utilizados em alimentos para aumentar o tempo de prateleira.
Duas horas depois notamos que a água encontrava-se suja. Esvaziamos o tanque é recolocamos água com o ácido, e par nossa surpresa a cor da água ficou escura com resíduos fecais.
Pegamos um lote de 300 animais e realizamos o mesmo procedimento e o resultado foi o mesmo, mas não sabemos até que ponto isto é possível, até quando podemos fazer o uso do ácido, será que poderia utiliza-lo durante todo o período de crescimento, ou somente na fase de terminação?
Será que existe algum produto que possa substituir o ácido cítrico?
A utilização do ácido dítrico tem por finalidade a redução do agente Salmonella.
Você mencionou que existem trabalhos na área, poderia me indicar alguns?
Obrigado pela atenção
Robison de Lara
Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
15 de Novembro de 2011
Prezado Robison, boa tarde!

interessantíssimo seu trabalho.. no entanto um tanto quanto inusitado para mim...

podemos continuar essa conversa por e-mail? me escreva , assim terei tempo de me informar um pouco mais sobre seus questionamentos.




grata,
Responder
Luiz W. O. Souza Luiz W. O. Souza
Médico Veterinário, Mestre, Doutor
25 de Novembro de 2011
Cara Julian,

Ótimo artigo.
Você poderia, por gentileza, disponibilizar as referências do seu artigo?

Atenciosamente,
Luiz Souza
Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
12 de Dezembro de 2011
Prezado Luiz,

eu nao as tenho digitadas porém tenho os artigos no meu computador. Se tiver interesse, me passe seu e-mail que encaminho os artigos pra você.


abraços,

Julian
Responder
19 de Janeiro de 2012

Muito interessante o artigo. estou desenvolvendo um trabalho com Silagem de colostro, que disponibiliza ao Bezerro ácido latico juntamente com os demias constituintes do colostro. Os animais alimentados com a silagem de colostro tem desempenho superior aos alimentados com o leite. Voce acredita que a fonte de carbohidratos possa estar sendo o acido lactico? Gostaria de receber os artigos sobre ácido latico, e de conversar por e-mail com voce.
Agradeço sua atenção. Mara

Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
20 de Janeiro de 2012

Oi Mara, bom dia!!

muito interessante seu trabalho, você poderia me passar mais informações por e-mail? assim extendemos a conversa e compartilho com você o material que tenho.


abraços,

Julian

Responder
Ronaldo Perea Ronaldo Perea
Comerciante
6 de Junho de 2012

Dra. Julian tenho ouvido falar muito bem do Butirato de cálcio (ácido butirico) sei que o mesmo tem um odor muito desagradavel, mas o mesmo já existe encapsulado e não teria mais o problema do odor desagradável.
Parece-me que ele é otimo para prevenção e tratamento de gram-negativas E. Coli, Salmonela e também tem excelente efeito sobre gram-positivo - Clostridium perfringes e pode ser usado em aves e suínos.
Tenho ouvido falar em várias outras atividades do mesmo- como potencializador dos probióticos, melhora a digestibilidade da proteína bruta, e aumento das vilosidades intestinais.
Teria alguma informação sobre este ácido?

Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
8 de Junho de 2012

Prezado Ronaldo, boa tarde!

seu comentário é muito pertinente! parabéns e obrigada.

Realmente o ácido burítico na forma de butirato de cálcio ou sódio traz benefícios a produção animal.

No entanto, não há relatos de seu efeito direto como antimicrobiano tanto em bactérias gram negativas como em gram positivas, como os ácidos de cadeia curta.

O que a literatura tem demonstrado é que ele atua nas vilosidades intestinais melhorando sua integridade, principalmente nas junções intercelulares, promovendo portanto, de forma indireta, menor colonização pelas referidas bactérias.

Outros trabalhos tem demonstrado que ele atua ao nível celular de algumas Salmonelas, reduzindo a expressão dos genes de virulência e portanto diminuindo a invasão sistêmica por essas bactérias.

abraços,


Julian

Responder
Francisco Lamar Lamar Francisco Lamar Lamar
Sócio-Gerente
13 de Agosto de 2012

Oi Julian, boa noite!

Faço pesquisa muito sujeito a contaminantes, principalmente por fungos e bactérias, gostaria de receber artigos referentes. Queria também um contato da Dra. Mara Helena (Rio Grande de Sul), trabalha com silagem de colostro. 

Lamar

Responder
10 de Dezembro de 2012
Oi, Julian!
O trabalho está muito bom!

Nessa parte: "Na tentativa de reestabelecer a homeostase celular o microorganismo inicia um processo de retirada dos prótons (K+) acumulados em seu interior pela ação da bomba de ATPase..."

Não seria H+ ao invés de K+?
Grato!
Responder
Anastácia Campos Anastácia Campos
Nutricionista
13 de Agosto de 2013

Bom dia Julian Borosky,

Parabéns pelo artigo.

Você poderia por favor me enviar os artigos que utilizou para escrever sobre os sais de acidos, principalmente os da Selko.



Agradeço desde já,

Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
13 de Agosto de 2013

Prezado Jorge, bom dia!


Desculpe pela demora em respondê-lo. Eu fiquei um tempo fora do Engormix e por isso não havia visto seu comentário.

Você está certíssimo! Foi erro de digitação que passou completamente desapercebido!

att,

Julian

Responder
Julian  Borosky Julian Borosky
Médico Veterinário
13 de Agosto de 2013

Prezada Anastácia Campos,

Bom dia!

Infelizmente não tenho mais os artigos!


att,

Julian

Responder
Gabriela Duarte Gabriela Duarte
Zootecnista
9 de Setembro de 2015
Boa noite, sou Aluna do Curso de Mestrado da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Unidade Acadêmica de Garanhuns. Estou desenvolvendo uma pesquisa sobre ácidos orgânicos em Tilápia do nilo, gostaria de saber se têm a possibilidade de me passar esse artigo, pois achei ele muito interessante.
Atenciosamente Gabriela Duarte Silva: gabyduarte21@hotmail.com
Boa noite
Responder
1
print
(15516)
(16)
Deseja opinar nesta discussão sobre: O Uso de Ácidos Orgânicos e Suas Particularidades na Produção Animal?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved