Discussão criada em 11/06/2010

Doença de Newcastle

Fórum: Antibióticos para frangos

Oi, tenho algumas galinhas com sintomas de perda de apetite, bebem bastante água e, quando morrem torce a cabeça, perdem o movimento das asas, depois das pernas e algumas chegam a ter no seu bico debaixo da língua pontos amarelos, tem uma saliva espessa. pode ser parmoxivirus ou Newcastle?  O que pode ser ? O que me recomendariam fazer ?

Ana Lúcia Cruz
Técnico Agropecuário
remove_red_eye 3456 forum 8 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Romão Miranda Vidal Romão Miranda Vidal
Médico Veterinário
14 de Junho de 2010

Senhora Técnica Agrícola.

Por favor não faça e tão pouco emita diagnósticos aleatórios.
Urgente se faz comunicar tais fatos a um Médico Veterinário ou uma Médica Veterinária, que terão maior competência e suporte técnico de após uma anamnese demorada, profunda e objetiva, auxiliado pelos achados na ou nas necropsias efetuadas e com o devido envio do material ao laboratório de diagnóstico histo-patológico, poder então, após os laudos, emitir um diagnóstico.

Só o simples fato de colocar na InterNet, via Ergomix uma situação de um possível surto de Newcastle  não sabe o perigo e o dano que poderá causar ao comérico internacional de frangos.

Por favor mais uma vez, não faça este tipo de comentário, melhor ainda, COMUNIQUE IMEDIATAMENTE COM AS AUTORIDADES SANITÁRIAS (DSA) DA SECRETARIA ESTADUAL DE AGRICULTURA DO SEU ESTADO.

Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal

Responder
Romão Miranda Vidal Romão Miranda Vidal
Médico Veterinário
15 de Junho de 2010

Senhora Técnica Agrícola.

Continuando o assunto a respeito de um possível caso de New Castle, adiciono o arrazoado técnico da Dra. Vanessa.

A doença de Newcastle é considerada um dos problemas sanitários mais importantes do plantel avícola brasileiro, em virtude dos elevados prejuízos que ocasiona (PAULILLO, 1984). Faz parte da “lista A”
das enfermidades infecciosas do “Office Internacional des Epizooties - OIE” (2006), que reúne as doenças,
cujas conseqüências socioeconômicas podem ser graves e de grande importância no comércio internacional de
aves e seus produ-tos, sendo seus focos de notificação compulsória.
A doença de Newcastle tem distribuição mundial.

Vanessa Sobue Franzo
Doutora em Medicina Veterinária - UNESP
Departamento de Patologia Animal da Universidade Estadual Paulista - UNESP


Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal.
CRMV-PR-0039
Professora do Centro Universitário Anhanguera - Unidade Leme

Responder
28 de Junho de 2010

O que você relata dos sintomas das galinhas ,  muito provável de ser mesmo o Parmovirus, ataca o sistema nervoso principalmente a área de coordenação motora.
Eu sou biólogo.

Responder
Romão Miranda Vidal Romão Miranda Vidal
Médico Veterinário
29 de Junho de 2010
Srs.
Mais uma vez alertamos.
Diagnósticos do tipo acho que é... não levam a nenhuma solução, a não ser aumentar a dúvida.
Diagnósticos de doenças infecto-contagiosas, que podem ser disseminadas, que podem colocar em risco a credibilidade do Brasil no mercado externo, devem ser feitos tão sómente por profissionais graduados em Medicina Veterinária.
Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal.
Responder
30 de Junho de 2010

Bom dia a todos,

Concordo com a maior parte do primeiro e-mail do colega Médico Veterinário Romão Miranda Vidal, mas somente após o Médico Veterinário diagnosticar laborarorialmente a causa (ou causas) do problema, deixar que esse profissional criteriosamente defina se há necessidade de comunicar às autoridades sanitárias ou demais medidas que se tornarem necessárias, evitando assim qualquer tipo de alarme falso sobre surtos de elevada gravidade, como seria um por Newcastle.

Como já foi mencionado, suposições a esse respeito podem causar danos gigantescos para a economia da cidade envolvida, para o estado evolvido e para o Brasil também, pois os países que compram do Brasil ficam permanentemente observando as condições sanitárias que temos em nosso país.

Atenciosamente, Médico veterinário Marcelo Ricardo Ribeiro de Andrade.

Responder
Sulivan Pereira Alves Sulivan Pereira Alves
Zootecnista
UBABEF – União Brasileira de Avicultura UBABEF – União Brasileira de Avicultura
São Paulo, Sao Paulo, Brasil
14 de Julho de 2010

Olá

Nossa sugestão é que você procure a SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DO PARANÁ -
(RUA DOS FUNCIONÁRIOS 1559, CABRAL CEP 80.035-050 CURITIBA/PR) - TELEFONE GERAL: (41) 3313 - 4000
Há núcleos regionais que podem ser acionados:
http://www.seab.pr.gov.br/arquivos/File/defis/Ddsa/estrutura_geral.pdf

O MAPA possui ações específicas para o controle da Doença de Newcastle,  que é contemplado no Programa Nacional de Sanidade Avícola, que realiza a vigilância epidemiológica e sanitária das principais doenças aviárias destacando-se as doenças de notificação a OIE, em todas as unidades da Federação.

A profilaxia, o controle e a erradicação dessas doenças consistem na aplicação das seguintes medidas de defesa sanitária animal:

· Atenção a toda comunicação de suspeitas de doenças em aves

· Atenção às notificações de suspeita de influenza aviária, doença de Newcastle e demais doenças de controle oficial

· Assistência aos focos das doenças de controle oficial

· Padronização das medidas de biosseguridade e de desinfecção

· Realização de sacrifício sanitário em caso de ocorrência de doenças de controle oficial

· Fiscalização das ações de vazio sanitário

· Controle e fiscalização de trânsito de animais susceptíveis

· Realização de inquérito epidemiológico local

· Vigilância sanitária realizada pelo VIGIAGRO, no ponto de ingresso (portos, aeroportos e postos de fronteiras) de material genético

· Fiscalização e registro de estabelecimentos avícolas

· Monitoramento sanitário nos plantéis de reprodução para certificação dos núcleos e granjas avícolas como livres de salmonelas (S. Gallinarim, S. Pullorum, S Enteritidis e S. Typhimurium) e micoplasmas (M. gallisepticum, M synoviae es M. melleagridis), em todas as unidades da Federação.

· Vigilância em aves migratórias

· Outras medidas sanitárias para controle da situação sanitária avícola nacional.

Fonte: http://www.agricultura.gov.br/portal/page?_pageid[equal]33,981919&_dad[equal]portal&_schema[equal]PORTAL

Responder
14 de Julho de 2010

Boa tarde senhora Ana Lucia Cruz,

Gostaríamos de esclarecer que o Estado do Paraná não registra caso de Doença de New Castle há mais de 15 anos, os últimos casos registrados no Brasil foram em 2006 nos estados do Amazonas, Mato Grosso e Rio Grande do Sul). Saliento ainda que o diagnóstico para a doença de Newcastle não é um diagnóstico apenas clinico ou pela descrição dos sintomas das aves.
O estado do Paraná possui uma equipe de médicos veterinários oficiais, os quais devem ser comunicados por qualquer cidadão e estão aptos a ir a propriedade investigar o comunicado e proceder à necropsia com coleta de material para envio ao Centro de Diagnóstico Marcos Enrietti, laboratório da a secretaria de agricultura e que esta credenciado pelo MAPA para realizar diagnóstico para a Doença de New Castle.
Solicitamos que a senhora entre em contato imediato com um dos nossos núcleos regionais, abaixo relacionados, para que comunique o fato para que este possa ser atendido por um de nossos profissionais.

Colocamo-nos a disposição para maiores esclarecimentos através dos fones: 41-3313-4135 / 3313-4096 / 3313-4018, junto a Área de Sanidade Avícola da Divisão de Defesa Sanitária Animal / Secretaria da Agricultura do Paraná.

Atenciosamente

Hernani Melanda
Responsável pela Área de Sanidade Avícola

N. REGIONAL TELEFONE
Apucarana (43) 3422-7822
Campo Mourão (44) 3525-1410
Cascavel (45) 2101-4998
Cornélio Procópio (43) 3524-1962
Curitiba (41) 3313-4090
Francisco Beltrão (46) 3211-3505
Guarapuava (42) 3623-2252
Irati (42) 3422-8787
Ivaiporã (43) 3472-4866
Jacarezinho (43) 3527-2311
Laranjeiras do Sul (42) 3635-2379
Londrina (43) 2104-7900
Maringá (44) 2103-5850
Paranaguá (41) 2152-6361
Paranavaí (44) 3423-1919
Pato Branco (46) 3225-3144
Ponta Grossa (42) 2102-2744
Toledo (45) 2103-5151
Umuarama (44) 3361-1311
União da Vitória (42) 3522-1898

Responder
Ana Lúcia Cruz Ana Lúcia Cruz
Técnico Agropecuário
15 de Julho de 2010

Agradeço a ajuda. Me escreveram do site falando que o meu comentário gerou confusao no mercado. Peço desculpa.
Já vieram na minha propriedade e nao é caso de Newcastle.
Obrigada.

Responder
1
print
(3456)
(8)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
Copyright © 1999-2023 Engormix - All Rights Reserved