I Encontro Técnico da Abraves
I Encontro Técnico da Abraves

I Encontro Técnico da Abraves

30 de Maio de 2008
share print
Compartilhar :
close
Informações
Abraves SC : Especialistas se reúnem em Concórdia,SC, para debater novas tecnologias para a suinoc
O I Encontro Técnico da Abraves – SC ,vai reunir especialistas, veterinários, zootecnistas , produtores e estudantes no dia 30 de maio, sexta feira, em Concórdia SC

Tecnologias inovadoras e práticas que garantem mais viabilidade e sustentabilidade na produção de suínos. O I Encontro Técnico da Abraves-SC , que será realizado no dia 30 de maio no Clube 29 de Julho em Concórdia, abordará temas “ Ambiência para suinocultura” , “ Sistema de alimentação líquida”, “Clostridioses em suinocultura” e contará com uma palestra conjuntural sobre “Panorâmica de Mercado da Suinocultura” com Rubens Valentini, presidente da Associação Brasileira de Criadores de Suínos.

Segundo o presidente da ABRAVES SC, o Médico Veterinário Augusto Heck uma oportunidade para os profissionais, produtores e estudantes da região para conhecer novas tecnologias e debater as tendências do mercado mundial de carnes.

Heck destaca que há uma demanda reprimida por informações na suinocultura que serão sanada neste encontro que será realizado em Concórdia, próximo da produção, facilitando o acesso de profissionais e estudantes. “Procuramos na escolha do temário fugir um pouco dos assuntos já abordados em diversos outros eventos. Buscamos com a pauta proposta disponibilizar informações novas e relevantes, de aplicabilidade imediata” explicou.

A quatro palestras que serão apresentadas nesta sexta feira durante o I Encontro Técnico da ABRAVES SC, abordarão temas relacionado ao bem estar animal, novas técnicas de nutrição, sanidade e cenários futuros, focadas principalmente nas exigências de mercado, tema emergente na suinocultura .

A palestra sobre cenários e desafios para suinocultura será apresentada por Rubens Valentini, presidente da ABCS que recentemente afirmou que “Se o Brasil exportar a quantidade de milho registrada no ano passado, o País pode correr sérios riscos de não suprir as necessidades do mercado interno. Queremos reivindicar junto aos órgãos públicos o fim da restrição com relação à importação do milho geneticamente modificado. Isso permitiria que o País não sofresse nenhuma crise de abastecimento” afirmou Rubens Valentini, presidente da ABCS e Câmara Setorial de Aves e Suínos, durante a Avesui 2008.

Tendências e tecnologias

Atentos as exigências internacionais e tendência mundial de produção sustentável é que a Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos, Regional SC convidou o especialista alemão Andréas Kerssens para apresentar as últimas novidades no assunto.

O tema desperta a atenção de profissionais ligados ao setor de produtivo e de processamento de carne pois a produção catarinense de suínos representa um importante peso na economia nacional. Hoje o desafio de Veterinários, Zootecnistas e produtores é garantir o ambiente ideal de produção, assegurando a produtividade. Nas condições tropicais, normalmente, o desconforto térmico é um dos fatores negativos que afetam a criação, mas a tecnologia disponível no mercado nacional pode amenizar os sintomas e assegurar que temperatura e qualidade do ar ofereça conforto aos animais. Estes e outros fatores que fazem parte da ambiência na produção de suínos serão apresentados na palestra “Ambiência para a Suinocultura”.

O segundo palestrantes internacional é o especialista em produção animal Hans-Gerd Ulrich, formado na Universidade de Albrecht em Kiel-Alemanha, que vai apresentar as últimas novidades em sistemas de alimentação líquida para suínos . Os sistemas funcionam de forma automatizada disponibilizando a nutrição misturada com água, por meio de bombeamento, oferecendo uma série de vantagens como a facilidade na adição de nutrientes e aditivos e menor desperdício de ração, pois em meio líquido não há farelos que passam entre as frestas ou poeira dispersa na granja.

Hans explicou que abordará as vantagens de sistemas de alimentação líquida em comparação com a alimentação convencional a seco “Entre as vantagens apresentaremos diferenciais como o baixo custo, dosagem exata de aditivos , melhor desempenho dos suínos alimentados desta forma, redução de mão de obra, produção controlada, redução de poeira da alimentação tradicional, maior padrão de higiene entre outros diferenciais competitivos" destacou .

Papel da Abraves SC

A Abraves SC – Associação Catarinense de Veterinários Especialistas em Suínos, mantém uma programação diferenciada, oferecendo aos profissionais e futuros profissionais a oportunidade de se manterem atualizados.

Segundo Augusto Heck há uma preocupação permanente no setor produtivo em projetar o mercado e adequar demandas “Essas projeções são feitas permanentemente, para continuar uma expansão consistentemente. Precisamos ainda ter consciência de que o próximo gargalo da suinocultura muitas vezes ainda é a questão ambiental, que hoje é um sério limitador da atividade na maioria das localidades onde a suinocultura é tradicional.

No aspecto sanitário Augusto Heck destaca que os próximos desafios envolvem doenças emergentes, que já oferecem prejuízos significativos em outros países “Nosso desafio em sanidade tem sido aprender a conviver com a Circovirose e doenças associadas. Devemos estar atentos ainda outras doenças virais como PRRS e Influenza entre outras”.

Preço do milho e soja

No campo nutricional, a nova demanda mundial por grãos, provocada pela demanda por combustíveis alternativos forçou o valor das commodities agrícolas , deixando em alerta os produtores de suínos “ A competitividade de custos de alguma regiões em função da disponibilidade dos grãos está diminuindo. A corrida pelos biocombustíveis tem catalisado esse processo não só no Brasil mas também nos EUA. O desafio do segmento é ser mais eficiente ainda para tentar compensar via produtividade o aumento dos custos. Mas isso tem limites” alerta.

Os encontros regionais da ABRAVES – SC seguem uma tradição de eventos disputados e de alta qualidade técnica com palestrantes respeitados e assuntos pertinentes. Por isso o cuidado na elaboração da programação deste que é o primeiro evento realizado na nova gestão do Médico Veterinário Augusto Heck. Os próximos serão realizados em Chapecó, Lages e Videira, ao longo deste e do próximo ano. A inscrições e retirada do material iniciam as 8:30 e custam R$ 25,00 para profissionais e R$ 20,00 para estudantes e as vagas são limitadas.
10:00 a 11:00hs
30/05/2008
Clube 29 de Julho
Palestrante:
Rubens Valentini
Rubens Valentini
Rubens Valentini
Brasil
Suinoculturo
11:00 a 12:00hs
30/05/2008
Clube 29 de Julho
Palestrante:
Andréas Kerssens - BigDutchman
Andréas Kerssens - BigDutchman
13:30 a 14:30hs
30/05/2008
Clube 29 de Julho
Palestrante:
Hans-Gerd Ulrich - BigDutchman
Hans-Gerd Ulrich - BigDutchman
15:00 a 16:00hs
30/05/2008
Clube 29 de Julho
Palestrante:
Ricardo Tesche Lippke - Master Agropecuaria
Ricardo Tesche Lippke - Master Agropecuaria