Discussão criada em 01/07/2011

Arroz em ração de suínos

Matéria publicada no portal do jornal Valor, comenta sobre o início de um programa público de incentivo à utilização do arroz como ração animal. Pesquisas realizadas pelo Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga), que compara o potencial nutritivo do arroz ao do milho, foram apresentadas ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Qual a sua opinião sobre o uso do arroz na nutrição de suínos? Se utilizado o arroz, haveria alguma mudança no que diz respeito a quantidade de ração administrada ao animal? E sobre os aspectos nutricionais de qualidade da ração, quais são as dieferenças se comparado com o milho? Espero seu comentário.

remove_red_eye 2447 forum 15 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
13 de Julho de 2011
Para prover um efetivo biocontrole, a bactéria da rizosfera precisa estar
presente nas raízes no lugar certo (abaixo da coifa), no tempo certo (antes do
patógeno causar dano extensivo) e em quantidade suficiente. Como exemplo,
pode-se citar a habilidade de estirpes de Pseudomonas fluorescens em
supressionar a doença ‘take–all’ em trigo que foi diretamente proporcional à
sua densidade populacional (Raaijmakers et al, 1999, mencionado por Haas et
al., 2000).
O arroz após feita a ração deve ser para rápido consumo. a estocagem gera o popular BIGATO. Que em situações monogastricas podem causar problemas sérios.Além de facilitar o desenvolvimento de fungos,bactérias,toxinas,aflatoxinas que acelera todo o processo de produção desses elementos nocivos.Que pode chegar a reduzir em até 30 a 40% dos valores nutritivos.
Responder
Vitor Vitor
Engenheiro
14 de Julho de 2011
O arroz é o cereal que apresenta na sua constituição maior quantidade de amido ( 71%) e baixo conteúdo em Fibra ( 1%) e Polissacaridos não Amiláceos-PNA .
Isto faz com que o seu valor energético seja mais alto ( 2626 kcal ENet).
A sua utilização tem especial interesse nas dietas de leitões e em especial quando é extrudido.
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
14 de Julho de 2011
Vitor Santos / Voce esta correto. mais minha refererencia diz respeito a estocagem depois de trasformado em ração.é so visitar uma arrozeira que podera ver como se desenvolvem milhares de "BIGATOS",que são muito agressivos no trato intestinal de animais monogastricos de rapida digestibilidade.Esperimente tratar peixes com BIGATOS para observar as perfurações intestinais causadas,o que leva a óbito muitas espécies.Sabemos que suinos são de rápida digestibilidade.Desde que a ração ofertada à dieta seja clean.
Responder
Vitor Vitor
Engenheiro
14 de Julho de 2011
Falando apenas em termos de valores e qualidades nutritivas o arroz deve ser uma alternativa a considerar na alimentação de suínos especialmente em leitões. O amido que contém é formado por grânulos de pequeno tamanho que são de maior digestibilidade.
A utilização de arroz em dietas proporciona uma melhoria na integridade da mucosa intestinal bem como uma diminuição significativa no aparecimento de diarreias em leitões, em especial na fase de desmame.
Quando se pretende utilizar rações sem antibióticos o uso de arroz torna-se numa boa opção especialmente se for termicamente processado.
Podemos, sem qualquer problema incorpora-lo até 40 %.
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
14 de Julho de 2011
O problema é a estocagem,mesmo na alimentação humana veja que é problema também. exemplos...
Boa noite. Compramos 4 pacotes de 5 kilos de arroz tipo 1 tio joão há mais ou menos 2 meses. Começamos a utilizar um dos pacotes, e como de costume, escolhemos e lavamos o arroz, encontramos algums bigatos dentro do pacote. Jogamos todo o pacote aberto fora. Mas temos ainda 3 pacotes fechados e já percebemos que estes tambem possuem bigatos dentro. Como devemos proceder? Pois, foram 4 pacotes de arroz bichados! Mesmo sendo fiel ao arroz Tio João, não temos coragem de consumi-lo desta forma, e nem comprar outros com receio de estar nas mesmas condições. E, lembro que os mesmos estão no prazo de validade, vencendo apenas em agosto de 2009. Tentamos o contato com o 0800531800, porém em horario comercial o mesmo fica ocupado e após isto só chama, e pelo site, que preenchemos todos os dados necessários e é nos retornado mensagem de que não é possivel a conclusão da mesma, ou seja, a mensagem não é enviada. Portanto recorremos ao Reclame Aqui, para auxilio.
http://www.reclameaqui.com.br/257358/supra-alimentos-josapar/arroz-com-bigatos/

Comprei ontem no carrefour um pacote do arroz tio joao mais vita, vitaminado, com validade até novembro de 2011 .... 21nov11 03b 51. Ao chegar em casa, e colocar o arroz na panela e acrescentar agua bichinhos brancos, parecidos com larvinhas boiaram na panela.... e na embalagem vem não precisa escolher nem lavar (o arroz ou os bichos?), branquinho e saboroso(agora sim, deve ser o bichinho né?!), supre 1/3 das necessidades diárias de vitaminas e minerais.... (e com certeza mais de 100% de larvinhas viu?!)
sem alteraçoes calóricas (os bichinhos devem ser light)
previne anemia e combate radicais livres (olha que interessante, eles sao mesmo enriquecidos)
é bom para o coração!
não precisa lavar nem escorrer (os bichinhos já vem de banho tomado!)
peguei o pacote e achei um monte de bichinhos pretos, que dizem chamar carunchos...
liguei no 0800 do arroz e ninguém atende! estou revoltada!
http://www.reclameaqui.com.br/1406665/josapar/arroz-tio-joao-vitaminado-com-bichos/

Hoje dia 20 de abril exatamente as 11:00hs estava com visita e fui fazer o almoço, qual minha surpresa abri um saco de 1 k de arroz tio joão e encontrei larvas,fiquei chocada pois olhei a data de vencimento e não estava vencida,deixei de lado esse pacote e fui abrir outro qual a surpresa tb com larvas e assim fui ate abrir o saco de 5 k, e real mente um absurdo um produto que acho que e muito bom e de primeira linha com esse tipo de problema, conclusão parei de cozinhar joguei tudo fora e fui almoçar fora, e um absurdo isso, alem de nojento encontrar larvas o desperdicio de ter que jogar o arroz fora o dinheiro que paguei pelo arroz, os temperos que coloquei e tive que jogar tudo fora, e alem disso estar em duvida se ontem quando fiz o arroz será que tb não tinha larvas e acabei consumindo, acho que essas empresas de alimentação deveriam ter mais cuidado com os produtos, pois pagamos por ele e se pagamos por ter uma boa qualidade temos que ter.
E outra coisa: o sac deles 0800531800 não atende não sei nem porque tem!!!!!

Obrigado
http://www.reclameaqui.com.br/1241368/josapar/larva-em-8-k-de-arroz-tio-joao/
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
14 de Julho de 2011
Não estou contestando os valores nutricionais mais simplesmente os locais de estocagem, nas propriedades rurais,higiene,umidade,agentes contaminantes etc.
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
14 de Julho de 2011
Normalmente as metamorfoses são acompanhadas pela cafubira dos casais de habitar ou de hábitos podendo, no entanto ocorrer sem que haja tais alterações.

Alguns exemplos de metamorfose, com mudança de habitat ou de hábitos,e alguns tiposde paes mofados, são encontrados em muitos insetos e anfíbios. As libélulas são insetos aquáticos durante a idade prematura, apresentando-se como voadores na idade adulta. As rãs sofrem metamorfose transformando-se de um girino aquático até um anfíbio (forma definitiva). Outros exemplos são muitos invertebrados aquáticos que nadam livremente durante horas no início da vida, fixando-se em seguida a um substrato onde vivem a restante da vida sem locomoção, como é o caso dos urocordados. As borboletas e as traças quando na fase larval têm peças bucais mastigadoras e depois se transformam em insetos voadores com essas peças especializadas na sucção. O tipo de metamorfose sem que haja mudanças significativas nos hábitos ou habitats é ilustrado por muitas espécies de crustáceos, que passam por metamorfoses físicas até ao estado adulto. Relativamente a estes casos onde o habitat do animal se mantém inalterado Ernst Haeckel afirmou, há décadas, que a metamorfose seguia uma série de formas correspondentes aos ancestrais da espécie em questão ao longo da sua Evolução (Lei da recapitulação), mas hoje se sabe que é uma formulação incorreta...
Responder
14 de Julho de 2011
Ola!

Temos que aproveitar o que a materia prima tem de bom. Todas tem defeitos até mesmo o milho.


É uma excelente matéria prima.
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
14 de Julho de 2011
OK.O importante é que todas matérias primas sejam bem manufaturadas.No caso de engorda bovina chegou-se a utilizar cama de frango,ou seja fezes,durante um tempo foi considerado o must em nutrição animal.Minha família esta a mais de 100 anos atuando nestes seguimentos,logo acompanhamos muitos e muitas idéias algumas até mirabolantes. NO CASO DO ARROZ SÓ CITEI O QUE A 40 ANOS ACOMPANHO NO CAMPO EM QUASE TODO PAIS. FOI SÓ UMA PEQUENA CITAÇÃO.

OBS. não usar arroz se o suino for diabético...
Responder
18 de Julho de 2011
Uso de Derivados de Arroz em alimentação de suinos. Nas regiões onde temos boa disponibilidade de ingredientes como: Farelo de Arroz e Quirera de Arroz, usamos estes produtos, praticamente substituindo o milho, ( principalmente este ano 2011 ) que o milho ficou muito caro e ainda encontravamos estes subprodutos do beneficiamento de arroz disponivel. Como qualquer ingrediente para ser usado como materia-prima para rações, é importante qualidade, analises bromatologicas, bom armazenamento, compras semanais de ingredientes, uma formulação de ração ajustada, para uso destes ingredientes alternativos, e sempre produzir suas rações na propriedade para o consumo da semana, para que tenhamos ração sempre fresca ( recem fabricada ). Obs: não só arroz como centenas de ingredientes da industria de alimentação humana, que podem e devem ser aproveitados para alimentação dos suinos. ( resíduos de macarrão, bolacha, etc. . . .) Eduardo von Atzingen
Responder
Oity B. Freitas Oity B. Freitas
Pós-gradução em Veterinária
18 de Julho de 2011
Muito bom Eduardo você disse tudo, sem complicar e uma linguagem que todos podem entender o que é muito importante. É exatamente o que faço a anos.E agora com a biodiversidade produzida na China a preços de mercado mundial só podemos melhorar os custos de rações aos consumidores e ainda melhorar qualidades.
Responder
Mauricio Andreoli Mauricio Andreoli
Médico Veterinário
8 de Agosto de 2011
Prezados,
Como bem destacado nessa discussão, o arroz tem excelentes características nutricionais, porém c/ fatores que podem dificultar seu uso na alimentação animal.
E se hidrolisarmos o arroz transformando em maltodextrina? Alguém tem experiência no uso desse ingrediente?
Responder
8 de Agosto de 2011
Dr. Mauricio, Boa Noite, veja meu ponto de vista, Uso de sub -produtos de arroz ( quirera e farelo ) produto sempre FRESCO , do arroz beneficiado na semana e ração produzida no maximo para o consumo da semana. ( ração também sempre fresca ) usamos estes sub-produtos em todas as fases a mais de 20 anos e nunca tivemos problemas, Claro FORMULAS ajustadas para uso destes ingredientes, de acordo com exigencia nutricional dos animais em cada uma das fases. A sua observação é pertinente, principalmente por ser um produto sazonal, ( produção de arroz ) talvez melhoraria o uso pois permitiria uma estocagem destes ingredientes. Desde que não aumentasse o preço. Kg & PB Proteina Bruta.
Responder
Mauricio Andreoli Mauricio Andreoli
Médico Veterinário
18 de Outubro de 2011
Prezado Eduardo,
realmente minha preocupação é a sazonalidade e a transformação de um subproduto em alimento mais nobre e de melhor aproveitamento. Existem novos trabalhos demonstrando que é possível utilizar a maltodextrina como substituto de lactose para leitões e, ao hidrolisarmos a quirera de arroz podemos obter um produto contendo maltodextrina + proteína hidrolisada de arroz, o que seria de grande potencial p/ dietas pré-iniciais.
O detalhe bem colocada por você é conhecermos o preço do produto final e viabilidade de uso, porém não consegui localizar nenhuma empresa que realize esse processo.
Responder
5 de Novembro de 2011
Nós fazemos para os nossos suínos restos de verduras com a tripa dos frangos (quando abatemos frangos) esta dando resultado tentei dar fubá de arroz eles ficaram com anemia e fracos
Responder
1
print
(2447)
(15)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
Copyright © 1999-2021 Engormix - All Rights Reserved