Perfil bioclimático para bovinos leiteiros no município de Areia-PB

Publicado: 02/03/2011
Autor/s. : Joaquim R. Malheiros Filho; Nerandi L. Camerini (Grupo de Construções Rurais e Ambiência – GCAMB - DEAG/UFCG); Elvis A. Soares1; José W. B. Nascimento; Dermeval A. Furtado & Carolina P. Dantas

RESUMO: O objetivo desse trabalho é analisar dados bioclimatológicos do município deAreia - PB com intuito de relacioná-los com exigências para bovinos leiteiros. O diagnósticofoi realizado com dados climáticos do ano de 2007, fornecidos pelo Laboratório deMeteorologia e Climatologia pertencente ao Departamento de Solos e Engenharia Rural da...

remove_red_eye 848 forum 3 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close

2 de Março de 2011
Boa tarde aos autores e foristas: Muito boa,a caracterização das variáveis climáticas da região. Sobre a zona de conforto existen dados mais recentes e com raças definidas. Os níveis de produção, a raça ,a velocidade do vento, tambem deveriam ser levados em consideração. Quanto aos níveis de produção, sabe-se que o consumo de matéria seca. A fibra, que em última análise, influencia o teor de gordura devem ser avaliados para que o grupo possa ter informações masi completas. Sem falar dos aspectos reprodutivos.
Responder

2 de Março de 2011
Boa tarde aos autores e foristas: Muito boa,a caracterização das variáveis climáticas da região. Sobre a zona de conforto existem dados mais recentes e com raças definidas. Os níveis de produção, a raça ,a velocidade do vento, também deveriam ser levados em consideração. Quanto aos níveis de produção, sabe-se que o consumo de matéria seca. A fibra, que em última análise, influencia o teor de gordura devem ser avaliados para que o grupo possa ter informações mas completas. Sem falar dos aspectos reprodutivos.
Responder
3 de Março de 2011
Caro Nerandi L. Camerini e demais participantes,
sim, tens razão sobre ser possível criar uma pecuária de média-alta especialização em leite nos Tabuleiros Costeiros, principalmente, pois lá o vento faz a refrigeração. O gado de 1/2 a 3/4 Girolando( com boa barbela, sistema de refrigeração muito eficiente, de origem dos B.indicus - funcionam como verdadeiros radiadores esfriando o sangue que por ali circula).
Fazer este gado pastar nas horas mais frescas (de manhã e à tarde), e as resguardando no período de maior fotoirradiação e subseqüente calor, em sobras que permitam uma total ventilação. E a planta tradicional da região (à cana), pode fornecer grande parte do volumoso(bem manejada e corrigida).
respeitosamente,
Marcelo Erthal
Responder
1
print
(848)
(3)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
   | 
Copyright © 1999-2020 Engormix - All Rights Reserved