Cu$to bovino corte 1.0: software de controle de custos para a pecuária de corte

Publicado o:
Autor/s. :
Sumário

O objetivo deste trabalho foi desenvolver um software para auxiliar os técnicos e produtores na determinação do custo de produção do gado de corte. O software CU$TO BOVINO CORTE 1.0 é composto de um plano de contas, no qual o usuário pode cadastrar todas as despesas e receitas referentes ao sistema de produção de gado de corte. O software permite o cadastramento de todos os bens móveis e benfeitorias do sistema de produção, visando os cálculos de depreciação e remuneração do capital. O CU$TO BOVINO CORTE 1.0 calcula e apresenta ao usuário as seguintes variáveis: total das receitas, total dos custos operacionais, custo total, margem bruta, margem líquida, lucro, custo operacional e custo total por arroba de carne, ponto de equilíbrio do sistema de produção, quantidade total de carne produzida, valor do patrimônio, remuneração do capital, lucratividade e rentabilidade. O software permite ao usuário diversas simulações envolvendo vários parâmetros e variáveis, mostrando os pontos de estrangulamento e auxiliando o técnico e o pecuarista na determinação do custo de produção do gado de corte com precisão e considerável rapidez.

Palavras-chave: custo de produção, gerenciamento, informática, simulação, sistema computacional

INTRODUÇÃO

No processo de informatização e modernização da bovinocultura, diversas são as aplicações e usos da informática, muitas dessas relatadas por LOPES (2000). Dentre essas, destaca-se o desenvolvimento de sistemas computacionais, visando ajudar produtores e profissionais a tomarem uma decisão correta.

A necessidade de analisar economicamente a atividade é extremamente importante, pois, através dela, o produtor passa a conhecer com detalhes e a utilizar, de maneira inteligente e econômica, os fatores de produção (terra, trabalho e capital). A partir daí, localiza os pontos de estrangulamento para depois concentrar esforços gerenciais e tecnológicos, para obter sucesso na sua atividade e atingir os seus objetivos de maximização de lucros e minimização de custos (LOPES e CARVALHO, 2000). Para administrar qualquer empresa, o primeiro passo é conhecer essa empresa e o mundo em que ela está inserido. Quanto mais conhecimentos da empresa, do seu funcionamento, e do ambiente em que ela está inserida tiver o administrador, maiores serão as chances dele tomar decisões acertadas. Para se conhecer bem um sistema de produção de gado de corte necessário se faz conhecer, dentre outras coisas, o custo da arroba produzido por ele.

Os objetivos deste trabalho foram: desenvolver um software para auxiliar os técnicos e produtores na determinação do custo de produção do gado de corte e apresentar o sistema computacional CU$TO BOVINO CORTE 1.0, cuja finalidade é determinar o custo de produção do gado de corte.

 

MATERIAL E MÉTODOS

O CU$TO BOVINO CORTE1.0 foi desenvolvido utilizando a ferramenta Delphi®, em microcomputador IBM-PC compatível, com processador 586, com 16 MB de memória RAM. Os cálculos do custo de produção do gado de corte contemplaram as duas estruturas de custo de produção: Custo Total de Produção (clássica), que envolve o custo fixo e variável utilizada por BARROS (1948) e Custo Operacional, proposta por MATSUNAGA et al., (1976) e adotada pelo Instituto de Economia Agrícola - IEA/SP (MATSUNAGA et al., 1976).

A metodologia utilizada nos cálculos da Margem Bruta, Margem Líquida e ponto de equilíbrio foi a adotada por REIS (1986). A depreciação foi calculada pelo método linear (HOFFMANN et al., 1981). Os itens que compõem o Custo Operacional Efetivo de produção do gado de corte foram divididos em sete grupos: Mão-de-obra, Alimentação, Sanidade, Inseminação artificial, Compra de animais, Impostos e Despesas Diversas (LOPES et al, 1999).

 

RESULTADOS E DISCUSSÃO

O software desenvolvido deve ser utilizado sobre a plataforma Windows® 95 ou superior, não atendendo às plataformas anteriores como o Windows® 3.11. As rotinas foram desenvolvidas de forma conversacional, com acesso às diversas opções por meio de menus auto-explicativos, o que permite a operação do sistema por pessoas não especializadas em informática, mas apenas treinadas na operação de microcomputadores. Tal fato possibilita um maior uso do software no meio rural, onde a informática não é muito difundida (LOPES, 1997).

O menu principal, apresentado na forma de "fichas", contém as opções Lançamentos, Grupos, Relatórios e Gráficos, Configurações e Créditos. Para selecionar uma opção o usuário deve posicionar o mouse e clicar sobre a opção desejada. Esse recurso facilita a operação do software, mostrando ao usuário todas as opções disponíveis.

Em Lançamentos estão disponíveis as opções Despesas, Produção, Inventário e Dados do mês. Selecionando uma das opções é disponibilizado um menu secundário, também na forma de "fichas", contendo as opções: Edição de dados e Visualização geral. Selecionando Despesas, em Edição de dados o usuário realiza o lançamento das despesas nos respectivos Grupos e Sub-grupos, preenchendo os devidos campos. A divisão das despesas em grupos permite ao usuário monitorar as despesas do sistema de produção de gado de corte, mês a mês, auxiliando o técnico e ou produtor em uma análise mais detalhada, objetivando encontrar possíveis pontos de estrangulamento. Na Ficha Visualização Geral tem-se uma visão panorâmica de todas as despesas já cadastradas. Em Produção, assim como em Despesas, é disponibilizado um menu secundário, contendo as opções Edição de dados e Visualização geral. Em Edição de dados o usuário realiza o cadastramento das receitas nos respectivos Grupos e Sub-grupos, preenchendo os devidos campos. Na Ficha Visualização Geral temse uma visão panorâmica de todas as produções já lançadas. Em Inventário o usuário deve cadastrar todos os bens móveis e benfeitorias do sistema de produção de gado de corte, preenchendo os campos: Item, Data de aquisição, Grupo, Quantidade, Valor unitário, Vida útil, Valor unitário de sucata e Observações. Os demais campos (Valor da aquisição, Valor total de sucata, Depreciação mensal e Depreciação anual) são preenchidos automaticamente pelo CU$TO BOVINO CORTE 1.0. Cada descrição é classificada segundo um grupo básico do inventário, pré-definido pelo software. O preenchimento correto dessa "ficha", além de proporcionar maior precisão nos cálculos, dá ao produtor o valor real do patrimônio e do capital investido na atividade pecuária de corte (LOPES et al., 2000). Devem ser cadastrados apenas os bens utilizados na atividade. Caso um bem seja utilizado também em outra atividade da propriedade, deve ser atribuído, por meio de rateamento, um valor para a atividade gado de corte e esse valor deve ser o utilizado pelo CU$TO BOVINO CORTE 1.0.

Em Dados do Mês, assim como em Despesas, é disponibilizado um menu secundário, contendo as opções Edição de dados e Visualização geral. Em Edição de dados o usuário deve também atribuir e registrar um valor para remuneração do empresário, valor do arrendamento da terra, taxa real de juros mensal, área do sistema de produção e valor da terra. Os valores da remuneração do empresário e da terra são utilizados para a determinação do custo de oportunidade do capital; a taxa real de juros, para remunerar o capital de giro e o capital investido; o valor da terra é utilizado na estimativa de rentabilidade da atividade.

Em Grupos estão disponíveis as opções Despesas, Produção e Inventário. Nos grupos são realizados os cadastros das Despesas, Produção da empresa rural referente ao respectivo mês, bem como do Inventário do patrimônio. O software CU$TO BOVINO CORTE 1.0 já traz alguns Grupos que servirão de base para a construção do plano de contas do sistema de produção.

Em Relatórios e Gráficos estão disponíveis as opções Despesas, Produção e Receita, Inventário e Consolidação. O usuário, após indicar o período inicial e final, pode solicitar ao CU$TO BOVINO CORTE 1.0 diversos relatórios, instrumentos estes que lhe auxiliarão em uma análise mais detalhada do sistema de produção de gado de corte. Na opção relatório de Consolidação é gerada toda a análise de rentabilidade do sistema de produção do gado de corte e alguns indicadores de desempenho técnico são mostrados ao usuário. Tais resultados permitem avaliar e orientar as decisões a serem tomadas pelo produtor e ou pelo técnico. Neste relatório são apresentados os seguintes resultados: receitas, custo operacional total, custo operacional efetivo, custo total, custos fixos, custos variáveis, margem bruta, margem líquida, resultado (lucro ou prejuízo), ponto de equilíbrio, produção total, lucratividade, rentabilidade, relação custo fixo/custo total, relação custo variável/custo total. Os seguintes custos médios (ou unitários), por arroba, são calculados e podem ser observados no relatório de consolidação: custo operacional total, custo operacional efetivo, custo variável unitário e custo total. Também neste relatório é mostrado o preço médio da arroba praticado pelo pecuarista durante o período estipulado para emissão do relatório.

Visando uma melhor e mais detalhada análise o CU$TO BOVINO CORTE 1.0 emite os diversos relatórios e gráficos imprimindo-os diretamente em impressora, na tela do monitor e ou em arquivo. Esse recurso possibilita um melhor armazenamento da documentação gerada e aumenta as possibilidades de transmissão dos dados através de facsimile, fax modem e internet. O CU$TO BOVINO CORTE 1.0 possui diversos botões, visando uma maior facilidade na operação.

Em configurações estão disponíveis as opções Propriedades, Unidades, Segurança e Habilitação. Selecionando Propriedades o usuário tem uma visão geral de todas as empresas rurais cadastradas, podendo inserir novas fazendas e excluir as já cadastradas. Em Unidades, estão relacionadas algumas unidades de medidas comumente utilizadas. O usuário, assim como em Propriedades, possui botões que lhe permitem inserir e excluir unidades.

Segurança vem a ser uma ferramenta de extrema importância, pois permite que o usuário faça cópia de segurança (backup) e substitua os dados já cadastrados (restore). Habilitação constitui uma ferramenta para evitar instalações do CU$TO BOVINO CORTE 1.0 sem a devida autorização da Empresa desenvolvedora.

O software CU$TO BOVINO CORTE 1.0 possui, inserido no help on line, um glossário de termos técnicos, opção importante para auxiliar o usuário na execução e entendimento da complexa análise de rentabilidade da atividade produção de bovinos de corte.

 

CONCLUSÕES

O sistema computacional desenvolvido é uma importante ferramenta que auxilia o técnico e o pecuarista na determinação do custo de produção do gado de corte e fornece informações importantes para a tomada de decisões pelos pecuaristas.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARROS, H. Economia agrária. Lisboa: Sá da Costa, 1948. 348p.

HOFFMANN, R., ENGLER, J.J.C., SERRANO, O., et al. Administração da empresa agrícola. 3. ed. São Paulo: Pioneira, 1981. 325p.

LOPES, M. A., JUNQUEIRA, L. V., ZAMBALDE, A. L., et al. Desenvolvimento de um sistema computacional para determinação do custo de produção do gado de corte. Revista Brasileira de Agroinformática, Viçosa, v2, n.2, p.105-116. 1999.

LOPES, M. A., SAMPAIO. A. A. M. Manual do confinador de bovinos de corte. FUNEP: Jaboticabal. 106p. 1999.

LOPES, M. A. Sistema computacional para dimensionar rebanhos bovinos utilizando valores ajustados de equivalência das categorias animais. Jaboticabal, 2000. 116p. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Curso de Pós-graduação em Zootecnia, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, campus de Jaboticabal, Universidade Estadual Paulista. 2000.

LOPES, M. A., CASTRO, F. V. F. de, JUNQUEIRA, L. V., CARVALHO, F. de M., ZAMBALDE, A. L., LOPES, D. de C. F. Custo @rroba para Windows: software de controle de custos para a pecuária de corte. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 37, Viçosa, 2000. Anais... Viçosa, 2000. (publicado em CD, 3p.)

LOPES, M. A., CARVALHO, F. C. de. Custo de produção do leite. Lavras: UFLA, 2000. 42p. (Boletim agropecuário, 32).

MATSUNAGA, M., BEMELMANS, P. F., TOLEDO, P. E. N., et al. Metodologia de custo de produção utilizado pelo IEA. Agricultura em São Paulo, São Paulo, v.23, n.1, p.123-139. 1976.

REIS, D. L. dos. Estudo técnico e econômico da propriedade rural. Informe Agropecuário, v.12, n.143. p.23-38, 1986.

 

FIGURA 1: Tela contendo a opção Despesas.

 

 

FIGURA 2: Relatório referente à análise de rentabilidade da atividade produção de gado de corte.

 

**O trabalho foi originalmente publicado por SBIAGRO - Associação Brasileira de Agroinformática.

 
remove_red_eye 109 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved