Discussão criada em 21/03/2011

Manejo de resíduos

Como alcançar a melhoria da eficiência no processo de compostagem para produção de compostos com melhor qualidade agronômica?

Qual a melhor maneira de aproveitar os resíduos na avicultura? 

remove_red_eye 391 forum 13 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Sócrates Lins Dos Santos Sócrates Lins Dos Santos
Engenheiro Ambiental
11 de Março de 2015
Relação c:n é um fator primordial na eficiência do processo, assim como controle de umidade, aeração e temperatura. Utilizamos bactérias, enzimas e outros materiais para acelerar o processo. Geralmente usamos esse composto para aumentar a fertilidade do solo para agricultura e recuperação de áreas degradadas...
Responder
Luiz Antonio de Mendonça Costa Luiz Antonio de Mendonça Costa
Engenheiro Agrônomo - Ms Produção Vegetal - Dr. Energia na Agricultura
11 de Março de 2015
A relação C/N, durante muito tempo, era uma coisa muito importante na compostagem. Hoje em dia estamos trabalhando com a qualidade do C, visto que ele determina o tempo de compostagem, bem como a qualidade final do produto. Outra coisa importante para um produto final de qualidade é o manejo da leira, ou seja, o número de revolvimento inicial. Em experimento desenvolvido em Cascavel-PR (UNIOESTE), verificamos que no primeiro mês a leira deve ser revolvida duas vezes por semana. Isso reduz o tempo de compostagem e fornece um produto de melhor qualidade. Não podemos esquecer, quando se fala em qualidade do produto final, no tempo de maturação do material.
A qualidade do carbono no desempenho das leiras, bem como, na qualidade do produto final é de fundamental importância.
Responder
13 de Março de 2015
Prezado Luiz Antonio de Mendonça Costa, suas informações são de grande importância dentro do tema "manejo de resíduos". Gostaria de seu auxílio e mais informações sobre o conteúdo do seu comentário. O experimento a que você se refere, quais os tipos de materiais foram adotados? Quando falamos de qualidade de Carbono, qual o material e a principal fonte deste elemento você indicaria em sistemas industriais de criação de frangos? Com relação aos outros resíduos, como mortalidade animal, gostaria de sua contribuição no intuito de abordar algumas dicas sobre as principais destinações abordadas pelas grandes empresas ou estudos do assunto.
Saudações.
Responder
Luiz Antonio de Mendonça Costa Luiz Antonio de Mendonça Costa
Engenheiro Agrônomo - Ms Produção Vegetal - Dr. Energia na Agricultura
14 de Março de 2015
Caro Diogo nosso trabalho é com os resíduos da cadeia do frango, ou seja, lodo de flotador, resíduo de incubatório, tripa celulósica, carvão. Montamos 5 leiras de aproximadamente 500 kg, todas com uma relação C/N de 30. As fontes de carbono utilizadas foram: resíduo da desfibrilação de algodão, resíduo de poda urbana, serragem, bagaço de cana e capim napier. As leiras algodão, poda urbana e capim napier levaram 84 dias para a estabilização (temperatura ambiente), a leira com serragem levou 164 dias. Procedemos as análises de rotina (N, P, K, Ca e Mg), foi realizada também análise de AH e AF, além de algumas enzimas.
Do composto obtido, para cada leira, separamos 5 sacos dos quais fomos tirando amostras no tempo (60 dias) para verificarmos qual o efeito da maturação no produto final. Qualquer outra informação é só pedir
Responder
16 de Março de 2015
Luiz Antônio agradeço pela atenção e parabenizo-o desde já pelo trabalho realizado. Dado o interesse sobre o assunto, gostaria de saber se o material de pesquisa já foi publicado, ou mesmo sobre a metodologia que foi empregada nos estudos. Saudações.
Responder
Luiz Antonio de Mendonça Costa Luiz Antonio de Mendonça Costa
Engenheiro Agrônomo - Ms Produção Vegetal - Dr. Energia na Agricultura
16 de Março de 2015
Olá Diogo
Ainda estamos procedendo a algumas análises e posteriormente publicaremos. Avisarei quando sair a publicação. Quanto as metodologias poderei te repassar nos próximos dias.
Saudações

Responder
16 de Março de 2015
Bom dia Luiz Antonio,

Agradeço pela atenção. Caso seja possível disponibilizar metodologias e demais informações, disponibilizo e-mail pessoal: diogodemoraes@bol.com.br ou mesmo por este fórum de discussões, caso ache melhor.

Saudações.
Responder
Luiz Antonio de Mendonça Costa Luiz Antonio de Mendonça Costa
Engenheiro Agrônomo - Ms Produção Vegetal - Dr. Energia na Agricultura
16 de Março de 2015
OK então enviarei em seu email oportunamente. Gostaria de saber qual metodologia voce tem interesse?
Responder
16 de Março de 2015
Procure o professor Luciano Rodrigues da escola de veterinária da UFMG, além de um grande conhecedor do assunto é uma pessoa muito acessível!!!http://somos.ufmg.br/professores/view/1572,
Espero ter colaborado
Responder
16 de Março de 2015
Olá André,

Agradeço pela indicação. Com relação a metodologia, prezado Luiz, pretendo avaliar compostagem de diferentes resíduos de origem animal e vegetal. Para tanto, necessito avaliar, dentre outros, parâmetros sobre a estabilização do material, valor nutricional, perfil microbiológico, dentre outras características desejáveis e acessíveis em compostos orgânicos para fins agronômicos. Ainda estou elaborando a proposta e necessito de mais informações para controlar as variáveis analisadas.

Att.,

Diogo
Responder
Luiz Antonio de Mendonça Costa Luiz Antonio de Mendonça Costa
Engenheiro Agrônomo - Ms Produção Vegetal - Dr. Energia na Agricultura
17 de Março de 2015
Caro Diogo
O parâmetro que mais utilizamos para a estabilidade do composto é a temperatura, muito embora existam na literatura outros, porém a temperatura é o mais fácilmente monitorado. Para reduzir o tempo de compostagem desenvolvemos um trabalho cuja a conclusão foi: a leira deve ser revolvida duas vezes por semana no primeiro mes e uma vez por semana nos demais. A relação C/N também pode ser utilizada para a estabilização, outro parâmetro seria a relação AH/AF, porém é trabalhosa. Quanto a qualidade ou caracteristicas desejáveis é muito importante o controle da temperatura, visto que temperaturas muito elevadas > 60o C proporcionam maiores perdas do nitrogênio. Creio que uma coisa importante seria voce monitorar a cura do material e verificar se ha diferenças entre o material estabilizado e o material curado por 30, 60 e 90 dias. Conversaremos mais.
Saudações
Responder
Sócrates Lins Dos Santos Sócrates Lins Dos Santos
Engenheiro Ambiental
23 de Março de 2015
Utilizamos enzimas e bactérias para acelerar o processo de compostagem de resíduos de incubatório...
Responder
16 de Maio de 2019
Prezados gostaria de saber se é viável ou se tem alguma experiencia na realização da compotagem sem revolvimento, em esterqueiras fechadas. Quando encher muda -se para outra. Nesse caso e para resíduo de abatedouro, com tripas, penas e Napier triturado.
Responder
1
print
(391)
(13)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Manejo de resíduos?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved