Manejo de recria de matrizes com foco em uniformidade

Publicado: 15/04/2013
Autor/s. : André Luis Murcio, Consultor Técnico Comercial – Agroceres Multimix.

A avicultura moderna desafia os produtores a praticarem técnicas de criação que, se não respeitadas ou simplesmente não efetuadas, podem reduzir consideravelmente os ganhos em produtividade e desempenho zootécnicos na produção. O manejo de matrizes de corte é crítico e impacta diretamente nos resultados. Sabemos a importâ...

remove_red_eye 6663 forum 8 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Andersin Killer Pinto Andersin Killer Pinto
Técnico avicultura matrizes
15 de Abril de 2013

Muito bom o artigo, sobre a seleção de fleshing eu penso que devemos antecipar a 1º seleção com 14/15 semanas, assim podemos nos adiantar na recuperação de aves que não iniciaram a colocação de peito. Com 18/19 semanas é necessário outra seleção para um bom acabamento do lote.

Anderson

Responder
Romão Miranda Vidal Romão Miranda Vidal
Médico Veterinário
21 de Abril de 2013

Vamos analisar o seguinte: "Além de tudo isso, é importante os responsáveis pela granja alojarem separadamente as aves nascidas de idades diferentes. Em um lote de pintinhos matrizes, as aves podem apresentar tamanho e peso inicial diferentes por serem filhos de avós (reprodutora da empresa de genética) distintas. Pode haver, por exemplo, pintinhos de 45 gramas, 40 gramas ou até de 36-37 gramas de peso médio. Os mesmos devem ser separados, ou seja, soltos separadamente no momento do recebimento (alojamento)." Dificilmente as avozeiras, procedem desta maneira, misturando ovos de vários lotes e de idades diferentes e muito distanciadas, pois em agindo desta maneira estariam incorrendo em uma prática diferente que pratica.Quanto a biometria das matrizes, esta deve ser o menos pertubadora possível. Selecionar matrizes por lotes - machos e fêmeas - é uma prática corriqueira, mas que ao menor manejo inadequado, influencia negativamente no desempenho futuro do lote. Em relação a luminosidade, não é bem assim. E em relação a tabela exposta, esta pode até se relacionar com a empresa para a qual trabalha, mas como existem outras empresas avozeiras, provavelmente não se mostrem comuns à sua.
Cabe ainda ressaltar que os profissionais graduados em Medicina Veterinária com expertise em avicultura - avozeiros, matrizeiros e corte - em geral recebem capacitações e atualizações ofertadas pelas empresas avozeiras. Dificilmente uma empresa produtora de frango de corte, aloja mais que uma raça. O trabalho exposto tem a sua validade didática, mas carece de um aval Médico Veterinário.
Atenciosamente.
Médico Veterinário Romão Miranda Vidal.

Responder
25 de Abril de 2013
Sr. Romão, muito obrigado por ler meu artigo. Todas as críticas são bem vindas. Gostaria de informá-lo que trabalho na Avicultura a 14 anos, e grande parte de minhas atividades foram com empresa de genética, e também empresa verticalizada produtora de proteina animal, na qual fui também responsável por manejo de matrizes. Hoje, trabalho com nutrição animal, e aprendo mais a cada dia com uma equipe muito capacitada.
O artigo aborda aspectos práticos que estão diretamente relacionados a uniformidade de matrizes, e foram várias vezes durante meus trabalhos na produção, que recebi lotes provenientes de avós com idades diferentes. Também tive a oportunidade de recriar lotes de matrizes de linhagens diferentes na mesma empresa. Estou certo de que, recebíamos lotes com idades diferentes de avós, porque nosso manejo era capaz de uniformizar corretamente o lote, mesmo com este obstáculo. Quanto aos Médicos Veterinários, muitos deles são meus companheiros de trabalho, e admiro muito esta profissão, porém sou formado em Ciências Biológicas e também sou Técnico Agropecuário, com muito orgulho. Devo lembrá-lo, que a Avicultura brasileira não é feita apenas por Veterinários, e que cada um que nela atua, tem papel muito importante para o setor.
Obrigado novamente,
cordialmente
André Luis Murcio
Consultor Técnico Comercial.
Responder
Cláudio Oliveira Novack Cláudio Oliveira Novack
Médico Veterinário
26 de Abril de 2013
André, excelente artigo !!
Por vários anos trabalhei com avicultura numa das maiores empresas do país e pude lembrar que lá, também passávamos por esta situação. Diferentes idades de avós, ocasionando diferenças significativas de peso de pintinhos na chegada as granjas de matrizes. Isso ocorre e continuará ocorrendo, até porque não há como as empresas de genética atenderem seus clientes com uma ou no máximo duas idades de matriz.
Quem trabalha com avicultura sabe disso e sabe o porque.
Tamanho dos aviários diferentes, densidades diferentes, equipamentos e estruturas diferentes, enfim, poderia relacionar mais fatores que contribuam com esse problema, mas não é essa a questão.
O importante é ressaltar que como você escreveu, as 4 primeiras semanas de vida do lote são realmente as mais importantes na vida da ave e devemos dedicar todos os esforços nessa fase.
Muitas vezes seguir o que o manual da linhagem diz, ou o que uma outra empresa concorrente faz, não é sinônimo de sucesso e ótimos resultados. Cada empresa se adapta a sua realidade de mão-de-obra e estrutura de aviários, buscando tirar o máximo que o potencial da genética e nutrição pode dar para o melhor desenvolvimento das aves.
Hoje nossa avicultura vem se tecnificando cada vez mais, com aviários maiores, mais equipados, e que nos possibilitem melhores resultados com menores custos, mas sempre dependeremos da mão-de-obra qualificada dos profissionais que no dia-a-dia "fazem" o resultado.
E daí, o que menos importa é a formação profissional.
Importa é o conhecimento prático e teórico, a capacitação, a dedicação, o potencial e a habilidade de antever situações e saber avaliar com critério e maestria os problemas que são passíveis de acontecer.

Parabéns pelo trabalho!

Abraços.
Responder
Matheus Kerber Matheus Kerber
Estudante
22 de Setembro de 2013
Olá André,

Primeiramente excelente artigo o teu, parabéns.

Tenho algumas dúvidas sobre a relação das seleções 100% e catada e sua influência sobre a qualidade dos ovos das matrizes de corte, teria alguma informação para me repassar ou alguma indicação?
Responder
william souza dias william souza dias
Estudante
27 de Setembro de 2016
O que vcs acham de fazer uma seleção de 7 dia, 4 semanas e a outra só com 13semnas de idade e outra no caso seria a de conformação de peito, dorso, Bárbela, crista
Responder
30 de Agosto de 2018
sou avicultura a 9 anos de matrizes de recria muito bom estar entre amigos na ergomix
Responder
27 de Março de 2020
queria saber mas sobre ventilação
Responder
1
print
(6663)
(8)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
   | 
Copyright © 1999-2020 Engormix - All Rights Reserved