Discussão criada em 24/05/2013

Frangos com dificuldade para respirar

Bom dia. Tenho 500 frangos de engorde de 28 días, mas alguns fazem um barulho estranho e não podem respirar direito. O que posso fazer? Podem me ajudar? Obrigado!!

David Sáenz Montejo
Administrativo
remove_red_eye 22306 forum 39 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Sarah P B Sarah P B
Médico Veterinário
29 de Maio de 2013
Os animais podem estar com doenças respiratórias ou com excesso de calor. Cuidado com superpopulação, aeração e temperatura. Se o caso for doença, pode ser necessário tratamento medicamentoso e, consequentemente, a espera do período de carência para o abate.
Responder
Fabiano Vitor Braga Fabiano Vitor Braga
Agricultor
29 de Maio de 2013

Quais as condições do alojamento das aves? É muito importante saber isso para opinar, embora já o tenha feito em espanhol, mas gostaria de receber informações detalhadas para expor melhor a minha opinião. Obrigado. 

Ah! também não se esqueça de descrever os sintomas da doença por favor.

Responder
Letícia Makiyama Letícia Makiyama
Zootecnista
29 de Maio de 2013

Boa tarde,
Diversos fatores podem estar envolvidos no desenvolvimento de problemas respiratórios, que podem se agravar, devido ao crescimento acelerado desta fase de criação.
As causas mais comuns são problemas de aquecimento no início da criação, ventilação, material e manejo de cama utilizado e ainda problemas com vacinação.
Aconselho agendar uma visita de um zootecnista ou médico veterinário para uma avaliação completa de seu problema.
Atenciosamente.

Responder
Marcelo de Souza Lima Marcelo de Souza Lima
Médico Veterinário
29 de Maio de 2013

Prezado David,
Diante de tantas possibilidades, faça um pequeno vídeo com máquina fotográfica ou tire algumas fotos dos seus frangos e seu galinheiro e poste.
Tenho conseguido ajudar muitas pessoas dessa forma, assim, fica mais claro a nossa anamnese e a situação local.

Responder
24 de Março de 2018
Marcelo de Souza Lima boa noite, vc pode me ajudar? 1 de minhas galinhas está com esse mesmo problema, rouquidão e dificuldade de respiração. https://youtu.be/PXYzrfQCAGc
Responder
Fabiano Vitor Braga Fabiano Vitor Braga
Agricultor
29 de Maio de 2013

Boa pedida Dr. Marcelo, certamente com isso ficará muito mais fácil identificar possíveis causas.

Responder
Yvan Ramos Mendoza Yvan Ramos Mendoza
Técnico Pecuario
30 de Maio de 2013

Boa tarde. Durante toda a fase de criação as aves estão susceptíveis a diferentes problemas que podem se apresentar por diferentes causas. É bom levar em consideração a qualidade de aves que alojamos na barraca, a qualidade de cama que estamos utilizando, a sanidade para nossas aves. As pessoas que interatuan diretamente com as aves têm que entender que depende delas o bom desenvolvimento do plantel. 
As aves são animais que vivem sobre suas fezes, por isso é bom manter a cama em bom estado, ter um bom manejo da ventilação, contar com água limpa e clorinada, uma temperatura ideal durante toda a fase de criação e utilizar insumos de qualidade para a elaboração do alimento.

Responder
18 de Junho de 2013

Olá, meu nome é Jean Karlo , sou de Fortaleza-CE, gostaria de receber algumas dicas sobre um problema que está acontecendo com minha criação de galinhas caipira. Desde já agradeço a colaboração de todos. Ultimamente algumas galinhas apareceram com um RONCADO estranho, o bico abrindo e fechando e dificuldade de respirar. São galinhas criadas no sistema semi-intensivo soltas durante o dia e presas durante a noite, com uma distribuição de 7 galinhas por m² dentro do galpão. Todas já foram vacinadas contra new castle, bronquite infecçiosa + gumboro e new castle segunda dose. Gostaria de saber o quer fazer para acabar com essa ROUQUIDÃO nas minhas galinhas. Grato.

Responder
Fabiano Vitor Braga Fabiano Vitor Braga
Agricultor
18 de Junho de 2013

Prezado Jean Karlo,
Já existem algumas informações no forum sobre o assunto, mas, gostariamos de saber mais informações sobre suas aves e instalações, pois tudo isso interfere nos sintomas que você comenta.
Se for possível, poste foto....
Dê-nos mais informações para que possamos tentar ajudá-lo, pois aqui têm especialistas no assunto. Obrigado, um abraço, Fabiano.

Responder
24 de Março de 2018
Fabiano Vitor Braga boa noite, vc pode me ajudar? 1 de minhas galinhas está com esse mesmo problema, rouquidão e dificuldade de respiração. Segue vídeo postado agora a pouco, https://youtu.be/PXYzrfQCAGc
Responder
15 de Novembro de 2018
Olá tudo bem eu tô com um problema com galo muita babá no bico dificuldade de respira e alguns franguinho chiando.obrigado
Responder
Silvio Camargo Silvio Camargo
medico veterinario
24 de Junho de 2013

A princípio pode ser um erro muito comum, que é o manejo das cortinas, isso pode ocorrer e levar a uma presença intensa de amoníaco no ambiente e acarretar uma espécie de tosse ou "ronquidão", se é que elas foram vacinadas contra bronquite e new castle.

Responder
24 de Junho de 2013
Já passei por situação semelhante e tratei como coriza. As aves estão se curando. Depois disso vou vacinar sempre de coriza e bronquite. Crio frangos caipira e tenho apenas 300 cabeças. Alimentação adequada e estresse interferem em muito na saúde das aves.
Responder
Fabiano Vitor Braga Fabiano Vitor Braga
Agricultor
24 de Junho de 2013

Correto o procedimento adotado pelo Cláudio. Eu adotei e deu certo.
Se não há dúvidas quanto a condições de instalação, como superlotação, cama inadequada, stress térmico, o negócio é realmente atacar a Coriza e Bronquite infecciosa.
Somente a experiência desenvolvida no dia a dia pode levar a uma convivência com estas surpresas com nossos criatórios e que nos fazem pessoalmente sofrer um bocado.... Eu Graças a Deus, estou recuperando meu plantel, e já estou com umas 200 cabeças novamente, isto depois de ter perdido umas 300 no ano passado.
Amigos, onde você põe o foco da sua atenção é que a atividade se desenvolve, trocando em miudos, "os olhos do dono é que engorda o porco"(ou o frango)....muita atenção ao plantel e ao menor sinal, recorrer a quem entende e aos meios profiláticos.
Um fraterno abraço a todos e que Deus nos abençoe. Amém.
Fabiano

Responder
10 de Julho de 2013

Depois de estudar mais um pouco o assunto resolvi vacinar somente de coriza. Aqui no Engormix há um tópico que diz que vacinando você "introduz a doença no ambiente" e tem de manter a vacinação para sempre. Como no meu caso tudo indica que é a coriza, vou deixar a vacina de bronquite guardada e se assim resolver meu problema nunca vou usar a vacina de bronquite.

Responder
Fabiano Vitor Braga Fabiano Vitor Braga
Agricultor
10 de Julho de 2013

Amigo Cláudio,
Penso que não é bem assim. A prevenção é muito mais eficiente que o combate direto com o sintoma da doença.
Quanto à introdução da doença, ela já está no ambiente, o problema é a susceptibilidade da ave ou baixa resistência, pois toda bactéria ou vírus é oportunista, aguardando o momento que lhe é mais favorável para atacar.
Por isso, plantel bem cuidado, água e alimentação de boa qualidade e ambiente adequado é muito importante.
Boa sorte. Abraço fraterno. Fabiano.

Responder
Marco Aurélio Frediano Marco Aurélio Frediano
Produtor de gado de leite
10 de Julho de 2013

Caro Jean Karlo, já tive e tenho esse problema em minhas aves, é uma doença complicada, até hoje não sei certamente o que é, mais posso lhe afirmar, uma vez começada esta "RONQUEIRA" não ha medicamento que resolva, a ave pode voltar até a ficar saudável mais a ronqueira em 90% dos casos continua. Uso todas as vacinas possíveis e também todos os antibióticos existentes, mas sinceramente não resolve. O único antibiótico que estou usando e ajudou muito e acabou com a mortalidade foi "AMOXICILINA" em pó solúvel. Se você ainda não usou, esse eu recomendo, pois o mesmo haje muito bem em problemas respiratórios. Espero ter ajudado, boa sorte.

Responder
Augusto Correia Augusto Correia
Técnico Agropecuário
15 de Julho de 2013

Amigo David,

Existem inúmeros fatores para que isso ocorra, dar um diagnôstico assim sem ver as aves é dar um tiro no escuro, mas as causas mais comuns para que isso ocorra seria superlotação das aves dentro do galpão; falta de ventilação, ou seja ventiladores insuficientes para as aves, ou também pode ser manejo de cortina errado, ou seja o seu funcionário trabalha com as cortinas muito erguidas nas horas de calor, e por último seria o aspecto sanitário destas aves, que para falar alguma coisa teria que necropsiá-las e depois entrar com medicação antibiótica. Vai e analisa todos esses itens que te falei, abra algumas que com certeza você terá algo mais concreto em sua mão.

Abs.,

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
9 de Agosto de 2013

Boa tarde!
Amigo Cláudio, como você tratou suas aves para coriza? Estou usando tylan, 0,1 ml por 7 dias, no início obtinha resultados, mas agora as aves não melhoram, mas também não morrem e ficam com falta de ar e saindo um líquido gelatinoso das narinas.
Frisando que as condições de manejo, cama, água tratada, espaço estão todas no conforme e que as aves doentes encontram-se em isolamento das outras, ficarei grata com a ajuda dos amigos que já passaram por isso e obtiveram resultados no tratamento.
Muita obrigada e tenham um excelente final de semana!

Responder
9 de Agosto de 2013

Graciele, eu consegui um bom resultado com Trissulfin na ração. E em casos mais graves usei 0,5ml de tilosina. Depois de curados, vacinei. A vacina deu uma reação passageira, igual à doença. Uso também homeopatia e vale muito a que uso.

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
14 de Agosto de 2013

Boa tarde!
Cláudio, eu uso o trisulfin na água por 1 semana e o tylan injetável (tilosina) 0,2 ml durante 7 dias e mesmo assim não obtive melhora, então entrei com pencivet plus ,01 ml 2 doses com intervalo de 48hs, obtive resultados mas não em todas as aves. O que percebo é que as adultas melhoram , enquanto as mais jovens não morrem mais não se desenvolvem mais e continuam com os sintomas descritos acima. Temo ter que sacrificar essas aves, pois não gosto de vê-las sofrendo já que são todas mansas e de estimação, mas como relatei anteriormente não disponho de vet especialista em minha região e temo não ter mais alternativas. Realmente muito triste!
Gosto muito da medicação homeopática já que sou farmacêutica homeopata, qual medicação você usou? fez uso concomitante com as outras medicações alopáticas?
Muito obrigada pelas dicas amigo, que Deus lhe abençoe sempre!
Abraços!

Responder
28 de Agosto de 2013

Amigos, eu sou iniciante, estou montando um pequeno criatório de galinhas ornamentais, incluindo as galinhas índios gigante. Estou a alguns tempos com doença nos olhos, com corrimentos no nariz e com mal cheiro no bico. Já tentei diversos antibióticos e isolamento das aves com pouco resultado. O melhor resultado que estou tendo é isolar individualmente cada ave e conciliar o tratamento com antibiótico e um forte sistema de desinfecção com álcool e água clorada. Sobre a ronqueira tenho alguns problemas e localizei no pescoço da ave um caroço que provoca a ronqueira e quando vira a ave de cabeça para baixo ela escorre bastante baba. Gostaria de saber se este caroço é a placa já mencionado anteriormente.
Qualquer novidade sobre o assunto ficarei feliz em conhecer.
Agradeço desde já qualquer dica sobre os assuntos mencionados.
Abraço.

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
10 de Setembro de 2013

Olá amigo!
Bom para os 1ºs sintomas descritos creio que seja coriza infeciosa, realmente o tratamento é feito a partir de isolamento e antibióticos, e para o 2º caso me parece gogo onde a ave também deve ser isolada e tratada com sanagogo por 1 semana, agora quanto ao diagnóstico certeza seria apenas através de um veterinário especializado e exames laboratoriais (para a coriza) e aí sim com os resultados em mãos ele lhe prescreverá a medicação correta. Só uma dica, caso realmente seja coriza, é uma doença que transmite fácil e muito rapidamente de uma ave para outra, logo o isolamento das aves doentes deve ser distante das demais e todos os cuidados básicos com assepsia de mãos devem ser mantidos. Vai nos mandando notícias e estou na torcida para que consiga resolver tudo por aí, ok?
Abraços e boa semana!

Responder
print
(22306)
(39)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Frangos com dificuldade para respirar?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved