Está na hora de entrarmos em uma nova fase no controle da doença de Gumboro?

Publicado: 01/10/2018
Autor/s. : Alberto Inoue

Estudos apontam que efeitos imunossupressores do vírus de Gumboro, sejam eles de campo ou vacinais, podem comprometer a proteção contra outras enfermidades, como salmonelose e bronquite aviária. A doença de Gumboro já foi um dos principais vilões da avicultura brasileira, com direito a eventos exclusivos com palestrantes renomados para discuss&atil...

remove_red_eye 210 forum 3 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
1 de Outubro de 2018
O fato de não colonizarmos a Bolsa no caso de uso de vacinas vetorizadas, não nos deixa vulneráveis, caso exista vírus de campo circulando no ambiente de criação?
Tendo em vista, que dispomos de outras tecnologias, que além de atuarem dobre Salmonelas, como por exemplo o GlucanMos, também agem estimulando o sistema imunológico. Nao seria mais seguro usar uma vacina que efetivamente pudesse colonizar a Bolsa?
Pois além deste benefício, o GlucanMos, também agem sobre Escherichia Coli. Além de melhorar qualidade de mucosa, estimulando também um maior crescimento de Lactobacillus e Bifidobacterium.
Em condições normais, já teríamos benefícios com a adição de Mós à dieta. Independente do programa vacinal que seja utilizado.
Responder
Alberto Inoue Alberto Inoue
Gerente de Marketing
2 de Outubro de 2018
Boa tarde dr.Luiz,
Na realidade, o mecanismo de proteção com vacinas vetorizadas é diferente, obtendo-se proteção de 95% a 100% contra cepas clássicas e variantes de Gumboro. Atualmente, muitas empresas utilizam o programa com vacina vetorizada de Gumboro, há mais de 10 anos, sem problemas.
De qualquer maneira, o técnico deve avaliar a situação de desafio, as condições gerais de vacinação e demais desafios sanitários, para determinar o melhor programa. Ambos programas são efetivos, as vacinas vivas destroem linfócitos B durante a colonização, causando danos variáveis ao sistema imune e aumentando a sensibilidade à outras enfermidades como Bronquite e Salmonela. O texto não questiona a eficácia de vacinas, mas traz realmente uma reflexão sobre a necessidade ou não de agressões que possam comprometer o desempenho. Atualmente, a busca por bem estar e maximização de performance fez da vacina vetorizada Vaxxitek, ser a mais vendida entre todas as vacinas aviárias há mais de 6 anos em todo o mundo.
Responder
Dr.Fábio Tavares Zancan Dr.Fábio Tavares Zancan
Sou Médico Veterinário, e Doutor em Patologia Animal área de Orinitopatologia e Mestre em Medicina Veterinária Preventiva
8 de Outubro de 2018
Belo comentário sobre vacinas Vetorizada de Gumboro!!!
Responder
1
print
(210)
(3)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
Copyright © 1999-2021 Engormix - All Rights Reserved