Discussão criada em 23/06/2015

escamas das pernas eriçadas

Olá amigos,
Gostaria de ler opiniões. Tenho observado que as escamas nos pés de minha galinha tem ficado muito eriçadas, ao mesmo tempo em que isto parece incomodar, visto que, a todo tempo, ela bica, como que coçando, essas escamas, diria que parece muito com um prurido.
Pesquisando a internet, li que pode ser ataque de ácaros no espaço entre as escamas. Ao mesmo tempo, vi algumas recomendações para usar um banho de permanganato de potássio, durante alguns minutos, seguido de uma unção com vaselina (aplicada de baixo para cima das patas).
O que acham?
Desde já agradeço as opiniões.

Erik Ximenes
apenas visitante
remove_red_eye 24649 forum 32 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
24 de Agosto de 2015
Erik, bom dia.

Já vi sintomatologia parecida em aves adultas. Só não havia a presença da coceira e o eriçamento das escamas não era tão proeminente. foi diagnosticado por um veterinário como bouba aviaria, doença essa incurável, até onde sei e somente prevenida com vacinação logo após o nascimento.
Aconselho ao amigo que procure um veterinário para verificar o que realmente está acontecendo com suas galinhas. É melhor do que tratar empiricamente, talvez até para uma doença que nem seja a que a ave possui.
Desejo ao amigo boa sorte!
Responder
24 de Agosto de 2015
Bom dia.
Veja bem se for uma escamação é só passar óleo queimado nas pernas da ave ou até óleo de cozinha, vai ajudar bastante, é uma colônia de fungo, que nasce embaixo das escamas das pernas da ave. Mas se dentro de uma semana não melhora ai é outra doença. Boa sorte.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
24 de Agosto de 2015
http://www.recantodasaves.com/doencagalinhas.html
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
24 de Agosto de 2015
Prezados Paulo Cesar e Maurício Martins,

Obrigado por suas respostas. Em Fortaleza, no Ceará, temos tido muita dificuldade de encontrar veterinário específico para galinhas. Há muitos para cães e gatos ou, mesmo, para aves menores, entretanto, para galinhas não. É complicado pois ficamos sem muita referência do que fazer.
Atualmente a ave parece estar bem. No entanto, fizemos algo impensável, que não recomendo para ninguém: usamos querosene. Vi no youtube, um vídeo Guatemalteco, no qual o criador pincelava os pés de um galo com querosene misturado a vaselina. No vídeo, entretanto, ele advertia que não permitisse o contato do combustível com a pele do animal, visto que a absorção, aí, poderia ser fatal. Apenas os pés e as pernas deveriam ser besuntadas. Fiz o mesmo, mas cometi o erro de permitir que a galinha descansasse por cima das patas besuntadas (deitando-se). Pouco tempo depois ela desenvolveu, o que suponho, uma intoxicação: ficou mole e bastante rubra. Imediatamente lavamos as pernas do animal e retiramos o combustível. Alguns dias depois, melhorou bastante (felizmente). As escamas dos pés caíram e o animal não parece mais incomodado. Além disso, posteriormente, realizamos um RX no animal, por outra suspeita: de retenção de ovos. Entretanto , além de não haver ovo retido, a aparência dos orgãos internos estava normal, parecendo que o uso, pouco inteligente, de querosene, não provocou consequências mais sérias. Alivio. Repito que, infelizmente, não encontrarmos profissional qualificado para galinhas (pet), nesta capital. Até encontramos uma veterinária que nos disse gostar muito de galinhas, tendo, inclusive, criado algumas, mas, mesmo ela, não nos passou confiança na hora de indicar um colega desta área, alegando que levava a dela a um colega que tratava de animais exóticos. Acredito que iremos a ele, também, mas por absoluta falta de referência na área.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
24 de Agosto de 2015
Prezado Roberto Barros,
Obrigado pelo seu link.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
24 de Agosto de 2015
Pelo Link que o Sr Roberto Barros forneceu, li que o uso de querosene é indicado para combater a sarna nas escamas dos pés das aves. Entretanto, o site carece de mais detalhes de uso: proporção de mistura, tempo de permanência e frequência de uso. Pela experiência que adquiri, não usaria novamente o combustível. Talvez usando o óleo queimado, ou apenas a vaselina.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
24 de Agosto de 2015
Prezado Erik,
Conheço criadores de várias raças que indicam o mesmo tratamento. No entanto, observe que ali no link indicam-se alternativas, sendo uma delas o Acarsan, de uso humano, mas atualmente fora do mercado, pelas informações de obtive em duas farmácias. Mas encontram-se similares, com o mesmo princípio ativo, o
Benzoato de Benzila, Estou usando em um galo há três dias e até hoje não apresentou nenhum efeito negativo. Dentre todos me parece o mais seguro, embora não saiba, ainda, se eficaz. Boa sorte!
http://www.saudecomciencia.com/2010/10/benzoato-de-benzila-para-que-serve.html
Responder
25 de Agosto de 2015
Bom dia, Amigos.

Lembrei que a alguns anos atrás, uma amigo que criava canários usava um produto chamado Dolemil para passar nos canários quando estavam com os pés cheios de cracas e coceira. Verifique na região de vocês se não existe ainda a venda. Eu achei numa farmácia veterinária online.
Segue o link: http://www.lojaagropecuaria.com.br/dolemil-pomada-10-gr/p
Agora eu sei que você já resolveu o problema, mas para o futuro, pode ser útil.
Abraços e melhoras para os bichinhos.

Paulo
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
25 de Agosto de 2015
Prezado Roberto Barros,
Obrigado pela dica. Guardarei.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
25 de Agosto de 2015
Prezado Paulo,
Na época cogitamos o Dolemil, mas não encontramos pela região (demais, né?).
Responder
Marcio José Baio Marcio José Baio
Aposentado
26 de Agosto de 2015
Colega, não sei como é o seu criatório, mas seria bom fazer uma boa limpeza no local e administrar lança-chamas e após isso administrar o produto TA 30, para uma boa dedetização, podendo até aplicar nas próprias aves também.
desejo boa sorte
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
26 de Agosto de 2015
Prezado Marcio, obrigado pela dica. Meu criatório é muito simples, como é para apenas um galo e uma galinha, consiste em uma "casa" montada com tijolos aparentes (não mais que 60cm de altura por 60 de largura). Sendo o piso com este mesmo tijolo. Além disso, usamos isopor sobre o piso de tijolo para isolar qualquer possibilidade de umidade. Eventualmente jogamos uma solução de água sanitária, com spray, por estes tijolos. Até já jogamos álcool e colocamos fogo, mas foram poucas vezes, a mais frequente é, de fato, a água sanitária (uma vez por semana, aos sábados). Pergunto: com qual frequência o senhor recomenda o uso do lança-chamas e como obtê-lo?
Responder
Washington L Washington L
Estudante
15 de Janeiro de 2019
Erik Ximenes cuidado com o isopor, se elas comerem, mesmo que em pequenas quantidades, elas não morrerão a médio curto prazo, porém, vão desenvolver umas bolhas nos rosto das coitadas, ou até mesmo nana pele,por baixo das penas, porém isso eu não vi. Aqui tinha galinhas e elas estavam comendo escondidas a minha prancha de surf infantil na época, eu achava estranho aquela anomalia repentina, certa vez segui o dia inteiro elas e vi que elas estavam comendo a prancha. Repetiu-se quando compramos uma geladeira e elas foram no isopor novamente e voltou a desenvolver. Nesse meu caso era intoxicação, bastou retirada do produto que elas melhoraram. As galinhas daqui eram bem curiosas. Isso que contei não faz referência a sua pergunta, porém, pode te ajudar a prevenir. Pelo que eu li aqui em uma pesquisa, muita friagem sem luz do sol a longo prazo também dá algo semelhante, porém, creio que isso é mais para pássaros talvez, vi no Wikipedia.
Responder
Marcio José Baio Marcio José Baio
Aposentado
27 de Agosto de 2015
Prezado Erik, o uso de lança chamas não precisa ser frequente e sim quando for fazer uma higienização do local.
É sempre bom, mas da forma que esta fazendo jogando Álcool e colocando fogo também é muito viável, agora com a agua sanitária não sei se após o uso da mesma deixa alguns dias sem as aves, pois pode ser que a agua sanitária esta causando este tipo de problema, precisa ser investigado.
As vezes encontro problemas também em meu criatório, principalmente nos olhos criando um inchaço acompanhado de Pus.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
27 de Agosto de 2015
A título de informação: O Benzoato de Benzila começou a fazer efeito. Já estão se soltando os cascões, ficando intacta a parte boa. Nenhum efeito colateral até aqui. Preço: R$. 12,00.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
27 de Agosto de 2015
Obrigado Márcio.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
27 de Agosto de 2015
Prezado Roberto,
O senhor fez alguma diluição ou outro tipo de adequação para o uso do Benzoato ou está aplicando do jeito que comprou? Minha dúvida é saber se essa preparação, feita para pessoas, não é muito forte (concentrada) para as galinhas (risco de intoxicação). Se der certo, gostaria de saber.
Até.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
27 de Agosto de 2015
Boa tarde, Erik!
Não fiz nenhuma diluição. Agito um pouco e aplico do jeito que comprei. Até agora não apresentou nenhum problema, cerca de uma semana, aplicando todos os dias, uma vez por dia. O galo parece bem melhor e já não sangra mais. Está bem mais disposto. Pego uma pequena quantidade na mão e faço esfregação nas canelas e patas do galo até o remédio desaparecer.
Eu não consultei ninguém. Apenas vi naquele link, fiz a busca do produto, vi a bula e usei. Mas se você quiser uma opinião abalizada, fale com o Filipe, que trabalha no ramo de criação e venda de aves e ovos:
https://www.facebook.com/indiogigant.godinho.9?hc_location=ufi.
Abraços.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
27 de Agosto de 2015
Complementando, é o tal negócio: se tratar, pode intoxicar e matar. Se não tratar, é certo que o bicho vai sofrer, minguar, paralisar e morrer. Na falta de escolha, optei por tratar.
Responder
Erik Ximenes Erik Ximenes
apenas visitante
27 de Agosto de 2015
Prezado Roberto, está certo em agir e gostei muito de sua sugestão. Como você disse, o animal parece melhor e isto é importante. Minha dúvida sobre o uso de medicação humana vem de uma experiência anterior: uma senhora, conhecida minha, vendo que as galinhas estavam infestadas por vermes, foi à farmácia e comprou uma medicação chamada mebendazol suspensão (indicado para crianças) e deu para as aves na dose indicada para crianças. O resultado foi terrível: algumas aves morreram e outras passaram alguns dias para se recuperar. Por isso, fiz a pergunta sobre a necessidade de diluição do Benzoato, naquele tópico. Acredito que farei como o senhor sugeriu, se voltar a ter esse problema: usarei o Benzoato mesmo.
Responder
Roberto Barros Roberto Barros
Avicultor
28 de Agosto de 2015
Você tem razão, Erik. Eu sempre usei medicamentos humanos porque me parecem mais confiáveis. Pelo menos são mais fiscalizados. Mas a dosagem deve ser adequada, principalmente nos de via oral e injetáveis. Os vermífugos matam mesmo, até na dose adequada. Há certos medicamentos humanos que não são compatíveis com algumas espécies de animais. Por exemplo, alguns anti-inflamatórios humanos causam hemorragia em cães. Mas tem outros que são perfeitamente adaptáveis a animais. Por exemplo, podemos usar a Revectina (humana) em lugar do Ivomec. Agora, quando a gente percebe que o animal vai morrer de qualquer jeito, é preferível tentar salvá-lo, ainda que corra riscos, não sem antes verificar todas as possibilidades. Foi assim que, entre querosene, petróleo, gasolina, óleo queimado e outros, optei por um medicamento humano. Abraços.
Responder
print
(24649)
(32)
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
 
Copyright © 1999-2023 Engormix - All Rights Reserved