Discussão criada em 15/07/2013

Aves com placas na cavidade oral e garganta

Bom dia, amigos. Tenho uma pequena criação de aves miniaturas, e a um certo tempo algumas aves apresentam um problema, uma espécie de coriza, dificuldade respiratória, e várias 'placas' amareladas na cavidade oral (garganta). As aves já foram tratadas com Trissulfin pó, Terramicina L.A., Tetraciclina L.A, (com intervalo de tempo entre as aplicações) sem nenhuma melhora. Não houve nenhuma perda, as aves não morrem, mas não melhoram, baixam o peso, devido à dificuldade em se alimentar, mas não chegam a ficar em estado debilitado; as aves infectadas não põem. Gostaria da opinião dos amigos e se alguém já teve algum caso parecido e puder me passar a experiência e uma medicação efetiva eu agradeço muito....

Lethery Leal
Avicultor
remove_red_eye 15792 forum 25 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
30 de Julho de 2013
Não tenho idéia do que seja. Se não conseguir nenhuma resposta satisfatória, experimente tratamento contra fungos.
Responder
12 de Julho de 2019
Cláudio Vieira Tavares Chemitril!
Responder
Marco Aurélio Frediano Marco Aurélio Frediano
Produtor de gado de leite
30 de Julho de 2013

Caro amigo, qual é a sua região, e existe sangue na garganta das aves? Tenho quase certeza que se trata de "laringotraqueite infecciosa", uma doença viral que acaba com as áreas respiratórias das aves provocando pus e sangue na garganta e às vezes inchaço de face. Usa "PULMOTIM AC" da Elanco saúde animal diluído na água de bebida.
Boa sorte.

Responder
1 de Agosto de 2013

Olá, amigo, crio algumas galinhas caipiras e esse remédio tem controlado vários tipos de problemas aqui no meu criatório, principalmente respiratório, muito bom.
Indicações TYLAN PO SOLUVEL:
-TYLAN PO SOLUVEL Como auxiliar no tratamento e controle da Doença Respiratória Crônica (DRC) das aves, causada por Mycoplasma gallisepticum e Mycoplasma synoviae, na época de vacinação ou outros períodos de estresse.
-TYLAN PO SOLUVEL Para o tratamento da Enterite Necrótica das aves, associada com cêpas susceptíveis de Clostridium perfringens.
-TYLAN PO SOLUVEL Como preventivo da Sinusite Infecciosa dos perus, causada pelo Mycoplasma gallisepticum.

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
2 de Agosto de 2013

Bom dia!
Estou com problema parecido, porém as aves não ficam com placas, somente com coriza e dificuldade respiratória, além de fraqueza e emagrecimento. Estou tratando com Tylan injetável e não estou obtendo resultados, lembrando que eu sempre tratei a coriza infecciosa com o Tylan por 5 dias e os resultados eram excelentes! Agora quando aparecem placas na ponta da língua e uma ronqueira pode ser gogo, suas aves estão com "chiadeira"?
Vai nos mandando notícias, ok?
Abraços!

Responder
Lethery Leal Lethery Leal
Avicultor
6 de Agosto de 2013

Não são todas as aves que apresentam estes sintomas, mesmo estando no mesmo alojamento, algumas parecem mais resistentes, na verdade algumas têm já a um bom tempo, enquanto outras não apresentam nenhum sintoma. Moro na região sul (Rio Grande do Sul), acabei eliminando praticamente todas as aves afetadas (após várias tentativas de cura sem exito), acredito que ainda existam uma ou duas aves com essa sintomatologia, as outras até agora não apresentaram nenhum sintoma...

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
9 de Agosto de 2013

Boa tarde!
As aves que apresentam os sintomas devem ficar em isolamento e as que não apresentaram, ou seja assintomáticas, porém ficaram juntas das já doentes, também não deverão ter contato com aves novas, pois apesar de estarem assintomáticas podem apresentar carga viral, mas devido sua imunidade estar mais elevada a doença não se manifestou, porém podem ser transmissoras da doença para aves recém chegadas.
Fico muito triste que tenha que ter eliminado as doentes, eu estou passando por um problema assim, porém apenas isolei as aves doentes mas ainda não tive a coragem de eliminá-las pois são aves ornamentais e de estimação bem mansinhas e ainda estou tendo esperança em conseguir curá-las por completo, mas a medicação realmente não está mais fazendo o efeito esperado!
Abraços e fique com Deus amigo!

Responder
Marcos Tadeu Palotta Marcos Tadeu Palotta
Médico Veterinário
15 de Agosto de 2013
Sugiro que apontem dados para ficha de anamnese (no. de aves, tipo de exploração e seus detalhes de instalações e manejos, % do plantel acometido, início dos sintomas, medicações realizadas, produtos utilizados, doses e tempo de administração, etc.). O envio rápido de mortalidade (refrigerada 2 a 8 graus C) para um laboratório de patologia aviária auxiliará no diagnóstico. As causas para o quadro em discussão podem ser bacterianas, virais, fúngicas e parasíticas, com sintomas muitas vezes similares entre si, porisso o apoio laboratorial.
Abraços.
Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
15 de Agosto de 2013

Boa tarde, Dr. Marcos!
Estou confusa quanto ao material para enviar para análise e que exame pedir, ou mesmo laboratório, posso coletar a secreção das narinas com cotonete (tipo um swab) para ser enviado para análise? Tem o exame certo a si pedir ou eles analisam o material e dão o parecer?
Qual laboratório o Sr me recomendaria?
Peço mil desculpas pela ignorância, porém não tenho vet em minha região e entendo apenas de solicitações de exames em humanos em que já é pedido o exame a ser realizado, porém como neste caso quero descobrir qual é o agente patológico, não sei como proceder...
Agradeço desde já a ajuda e que Deus o abençoe!

Responder
Mario Miraldo Mario Miraldo
Técnico en Nutrição
15 de Agosto de 2013


Boa tarde.
Os sintomas que refere são característicos numa doença muito frequente nos pombos (quase endémica), é frequente em faizões e diversas aves ornamentais e ocorre com alguma frequência em galinhas, especialmente nos países mais quentes. É provocada por dois tipos de protozoários: trichomonas gallinae e trichomonas columbae. Existe um tratamento específico à base de antiprotozoários que todos os columbófilos europeus e de outras partes do mundo conhecem e utilizam sistemáticamente na prevenção ou no tratamento, sendo muito eficazes os produtos com Dimetridazol (nome comercial: TRICOBACTER, que é o mais usado em veterinária) ou Metronidazol (produto que é mais usado no trichomonas vaginalis, nos humanos). Habitualmente os pombos são portadores e os protozoários hospedeiros reactivam-se durante as situações de stress ou situações de depauperamento orgânico (quebras das defesas orgânicas) todos os pombos. As crostas que surgem na cavidade oral são facilmente removidas com uma agulha, alfinete ou palito pontiagudo pois são constituídas por uma massa cerosa. A remoção das crostas não provoca qualquer ulceração (ferida). A Varíola (ou Bouba) também provoca crostas na cavidade oral. Porém, as crostas da varíola não se conseguem remover pois têm características das crostas formadas durante as Tricomonoses/tricomoníases. Um modo de verificar se as crostas têm origem na Tricomonose/tricomoníase é verificar se as crostas são removíveis ou não. A Tricomonose cura-se facilmente. A varíola não tem cura, mas pode-se evitar com vacina. Se precisar de mais informações poderá contactar-me por este meio ou por e-mail.

Responder
Marcos Tadeu Palotta Marcos Tadeu Palotta
Médico Veterinário
15 de Agosto de 2013

Graciele, devo comentar - excelentes as recomendações apostadas anteriormente (isolamento das aves, tratamento anti-protozoários, etc.), valiosos os comentários do Mário Miraldo. Veja, pode-se tentar o diagnóstico medicamentoso (válido porém casuístico) com uso de diferentes medicamentos e medicações. O auxílio de laboratório, com diagnóstico do agente causal poderá ser mais interessante, a médio e longo prazo. Uma opção, se disponível, são laboratórios de faculdades de Med. Veterinária, se houver em Cuiabá. Com certeza em Goiania e talvez Campo Grande sejam alternativas mais próximas de você. Contatar estas faculdades, verificar se têm depto. de Ornitopatologia, passar os dados de anamnese e combinar o envio de material de eleição (ave morta e refrigerada pode ser a melhor opção). Verifique se há laboratórios particulares em teu estado. Univ. Federal de Uberlândia, Fac. de Belo Horizonte e muitos outros.No estado de São Paulo, posso te recomendar 3 (são credenciados pelo MAPA) - em ordem alfabética avipa@avipa.com.br; jflab@jflab.com.br (ambos em Campinas) e spave@uol.com.br. Há outros, em outros estados, veja com qual consegue contato, troca de informações e facilidades de envio de material (eles te passarão o mais adequado). Abraço.

Responder
 Criatório Aves Belas Criatório Aves Belas
Farmacêutica, bioquímica, acupunturista, homeopata, cursando veterinária
16 de Agosto de 2013

Bom dia!
Mas 1 vez, venho agradecer aos colegas sempre dispostos em nos ajudar, principalmente Dr. Marcos, muito obrigada!
Bom a faculdade daqui não disponibiliza desses exames e o problema é que não tenho aves mortas, elas não morrem, apenas ficam com os sintomas e param de se desenvolver, ficam meio que "estagnadas" e eu não tenho coragem de sacrificá-las... Logo perguntei se existe a possibilidade de enviar um "swab" da secreção em cotonete para que seja descoberto qual o agente causador de tal doença...
Muito difícil por aqui sem auxílio de especialistas na região!
Mas uma vez, muito obrigada pela atenção!
Abraços e fique com Deus!

Responder
Lethery Leal Lethery Leal
Avicultor
28 de Agosto de 2013

Bom, como postei anteriormente, eliminei as aves doentes, mas as "placas" podiam ser retiradas com facilidade, até mesmo com uma pinça e sem causar feridas no local da retirada. As aves tinham uma ronqueira (bem fraca), e dificuldade respiratória, após a retirada das "placas", os animais conseguiam se alimentar normalmente, mas em pouco tempo as "placas" voltavam, mesmo com administração de medicamentos.

Responder
3 de Julho de 2016
Azitromicina,muito bom
Responder
22 de Abril de 2017
bom dia meus amigos o meu galo esta com dificuldade de cantar pode ser infeção na cordas voais dele qual medicamento sera melhor pra resolver este probela
Responder
26 de Abril de 2018
Boa Noite!
Sou criador de Galo e conheço esta bactéria assim causando uma afita na garganta.
Os animais infectados devem se separados e comessar o tratamento 5 dias meio comprimido azetromicina 500 gm, 5 dias de Flagiu 400gm e Mercepton todos os dias 5 gotas.
Responder
2 de Setembro de 2018
Olá amigo gostaria de saber se o dlagil e um comprimido durante 5 dias seguidos
Responder
27 de Junho de 2018
Estou com um galo , com placa tem cura?
Responder
2 de Agosto de 2018
Boa noite!
Estou perdendo uma galinha a cada semana de uma diarréia marrom q suja a cloaca da galinha e em poucos dias ela morre,,,acredito q seja coiccidiose, estão comendo e botando, mas de repente cem do poleiro e morrem!
Já dei terramicina, enrofloxacina, baycox e trissulfin, este ultimo com mais eficacia...
Já passei vassoura de fogo, cal virgem no galinheiro e areia , tudo muito limpo, onde até os poleiros são escovados com desinfetante! Raçao de postura com quirera limpa, sal com farinha de calcio e vetgold!
Por favor, peço que me orientem, pois queria tentar um metronidazol ou um albendazol para as minhas galinhas e não conheço um medicamento eficaz para esta finalidade. Agradeço, Carla.
Responder
2 de Setembro de 2018
Olá sou Alisson gostaria de saber o que causa placas em nossos galos, e se placas tem Aver com verme na garganta.
Responder
2 de Setembro de 2018
Estou também aqui em meu plantel com dificuldade de curar coriza, meus galos estão também com dificuldade de comer pode ser verme posso conciliar o vermífugo com.sulfacox.
Responder
13 de Fevereiro de 2019
A higiene dos animais é o melhor remédio lavar bem a garganta dos animais e vc vai usar violeta genciana em uma gase umedecida e esfregar na garganta da ave e depois de limpar vc vai aplicar Baytril ingetavel 1 ml em alguns dias suas aves estarão curadas
Responder
print
(15792)
(25)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Aves com placas na cavidade oral e garganta?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
Matheus Ramalho
Matheus Ramalho
Professor na Federal do Sul da Bahia
  Itabuna, Bahia, Brasil
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved