Explorar
Comunidades em Português
Anuncie na Engormix

Avicultura de Precisão: O impacto das decisões guiadas por dados

Publicado: 25 de setembro de 2023
Por: Natanael Leitão. Biólogo, com mestrado e doutorado em microbiologia e imunologia pela Universidade Federal de São Paulo. Diretor científico.
Na avicultura tradicional a tomada de decisões é um processo empírico e observacional. Baseado na experiência do técnico de campo, dietas e planos de manejo são elaborados considerando-se a disponibilidade componentes.
Na avicultura moderna as decisões são baseadas em dados. Sensores instalados no galpão e análises de amostras biológicas fornecem informações que irão amparar a equipe técnica em ações práticas propositivas, baseadas nas necessidades dos animais. Essa abordagem é chamada de “Pecuária de Precisão”.
O termo Pecuária de Precisão foi empregado pela primeira vez 2003 por Werner e colaboradores, anunciando o papel decisivo das tecnologias nos cuidados animal. Hoje essa expressão é melhor definida como:
“o uso de tecnologia para monitorar a produção animal, seus produtos e o ambiente de criação com o objetivo de cuidar da gestão da fazenda, fornecer informações para o produtor tomar decisões ou ativar sistemas automatizados de controle” (Rowe et al., 2019).

PASSADO X PRESENTE

Na avicultura, a penetração da tecnologia nas granjas encontra desafios técnicos e operacionais, além de uma resistência cultural das equipes de campo. Essa combinação deixa espaço para as práticas tradicionais sejam o padrão de manejo dos aviários no Brasil.
Permanecer na avicultura empírica é garantia de cometer erros na criação dos animais, cujas consequências podem comprometer o resultado anual da operação, com implicações profundas na sustentabilidade do negócio.
Com margens cada vez mais estreitas para operar, não resta ao produtor outra opção a não ser amparar-se na tecnologia para a tomada de decisão. Aos técnicos de campo, o domínio de múltiplas variáveis e novas ferramentas se torna inerente ao sucesso na profissão.
Na Tabela 1 (página seguinte) elencamos cinco diretrizes para guiar sua entrada na avicultura de precisão.
Tabela 1.Tipos de intervenção para controlar doenças na produção a partir de revisão de literatura*
Tabela 1.Tipos de intervenção para controlar doenças na produção a partir de revisão de literatura*

A IMPORTÂNCIA DOS DADOS

A tomada de dados do sistema de produção tem a função não apenas de monitorar os resultados do ciclo, mas antecipar cenários de perda.
Através da capacidade preditiva de algoritmos computacionais, análises históricas associadas com as dieta e manejo praticados, podem gerar alertas e calcular a probabilidade de incidência de disbioses ou queda da eficiência alimentar das granjas.
Em estudo realizado pela Embrapa mostra que a integração de tecnologias na criação de aves pode aumentar até 40% do desempenho animal e reduzir o uso de medicamentos (Vasconcelos et al., 2016).
Quando avaliadas as principais doenças de impacto econômico na avicultura, Jones e colaboradores (2018) apontam que 7 de 9 doenças tem a prevenção como intervenção mais efetiva (Tabela 1). Essa prevenção pode ser focada na manipulação da dieta e uso de aditivos.
Medidas preventivas só podem ser adotadas precisamente com suporte de dados e ferramentas preditivas. Do contrário, correm o risco de acarretar em aumento de custos.

TIPOS DE DADOS E SUAS APLICAÇÕES

Existem diferentes ferramentas para fazer o monitoramento da produção. Câmeras, microfones e sensores de campo conseguem captar um conjunto de informações imperceptíveis ao mais atento dos produtores e respondem por 86% das publicações científicas relacionadas (Rowe et al., 2019).
Um estudo com sensores acústicos monitorou estresse físico, térmico e mental em galinhas poedeiras. O tratamento dos sinais sonoros com ferramentas de aprendizagem de máquina foi capaz de detectar episódios de estresse com 96,2% de precisão (Lee et al., 2015).
Já a utilização de câmeras fornece um acompanhamento visual do lote, com rastreamento de marcha, comportamento e estado de saúde dos animais. Um trabalho com sensores de temperatura corporal e acelerômetro foi capaz de detectar sinais de gripe aviária duas vezes mais cedo que profissionais de campo, com uma taxa de detecção relatada de 100% (Okada et al., 2014).
O avanço da biotecnologia também impacta a produção, fornecendo informações fisiológicas dos animais. Esse tipo de abordagem permite qualificar o sistema produtivo e identificar o impacto de vacinas, mudanças de dieta ou aditivos no desempenho e saúde animal.
Uma das ferramentas biotecnológicas mais promissoras para lidar com as complexidades das unidades de produção é a análise de microbiota. Esta técnica utiliza o sequenciamento genético de bactérias intestinais para monitorar parâmetros de desempenho zootécnico. Pelo conjunto de informações biológicas tomadas em uma única análise, a ferramenta se torna bastante poderosa para a prática da Avicultura de Precisão.
Em análises de microbiotas conduzidas nos Estados do Paraná e Santa Catarina, foi possível classificar o risco de Salmonelose e Coccidiose em frangos de corte com 86% de precisão. Biomarcadores para classificação de desempenho animal podem atingir até 93% de eficiência quando analisados por ferramentas de aprendizagem de máquina (Leitão Jr et al., 2023. Dados não publicados).

OS CUSTOS DE OPORTUNIDADE E O ACUMULO DE PERDAS

Um produtor com recorrência de disbioses ou baixo desempenho no sistema de produção não pode se dar ao luxo de adotar medidas indicada por colegas ou fornecedores de matéria prima. Precisa adotar rapidamente métricas objetivas para avaliar o desempenho zootécnico e acompanhar de perto o sistema.
Se durante 5 ciclos de criação em uma granja de corte o produtor gastar com antibióticos e aditivos à revelia sem resolver o problema, esse produtor aumentou os custos de criação, continuou com perdas de desempenho e protelou o problema para o ano seguinte, quando já poderia estar reavendo os prejuízos de ciclos anteriores.

CONCLUSÃO

A transformação da avicultura já aconteceu. Não pela adoção das tecnologias nas granjas, mas pelo contexto econômico e social que estamos inseridos. Ser resistente a essa mudança só tardará um processo que obrigatoriamente irá correr. É como tentar parar um trem com as mãos.
A avicultura do futuro é robotizada e automatizada. Vai muito além de utilizar dados para guiar as decisões. Mas a tomada de dados pode ser a ponte para esse futuro.
Avicultura de precisão é presente. Quanto mais cedo os produtores entrarem nesse ciclo, mais cedo estarão prontos para o futuro.
QUADRO 1. 5 DICAS PARA IMPLEMENTAR A AVICULTURA DE PRECISÃO
QUADRO 1. 5 DICAS PARA IMPLEMENTAR A AVICULTURA DE PRECISÃO
Publicado  originalmente na revista aviNews Brasil, em 1T Março 2023 | Avicultura de precisão: o impacto das decisões guiada por dados.
Acesso disponível em: https://avinews.com/pt-br/avicultura-de-precisao-o-impacto-das-decisoes-guiada-por-dados/ 
Tópicos relacionados
Perguntas relacionadas
Na avicultura moderna as decisões são baseadas em dados. Sensores instalados no galpão e análises de amostras biológicas fornecem informações que irão amparar a equipe técnica em ações práticas propositivas, baseadas nas necessidades dos animais. Essa abordagem é chamada de “Pecuária de Precisão”.
Em estudo realizado pela Embrapa mostra que a integração de tecnologias na criação de aves pode aumentar até 40% do desempenho animal e reduzir o uso de medicamentos (Vasconcelos et al., 2016). Através da capacidade preditiva de algoritmos computacionais, análises históricas associadas com as dieta e manejo praticados, podem gerar alertas e calcular a probabilidade de incidência de disbioses ou queda da eficiência alimentar das granjas.
Câmeras, microfones e sensores de campo conseguem captar um conjunto de informações imperceptíveis ao mais atento dos produtores e respondem por 86% das publicações científicas relacionadas (Rowe et al., 2019).O tratamento dos sinais sonoros com ferramentas de aprendizagem de máquina foi capaz de detectar episódios de estresse com 96,2% de precisão (Lee et al., 2015).
Uma das ferramentas biotecnológicas mais promissoras para lidar com as complexidades das unidades de produção é a análise de microbiota. Esta técnica utiliza o sequenciamento genético de bactérias intestinais para monitorar parâmetros de desempenho zootécnico. Pelo conjunto de informações biológicas tomadas em uma única análise, a ferramenta se torna bastante poderosa para a prática da Avicultura de Precisão.
Autores:
Natanael Leitão
Siga
Junte-se para comentar.
Uma vez que se junte ao Engormix, você poderá participar de todos os conteúdos e fóruns.
* Dados obrigatórios
Quer comentar sobre outro tema? Crie uma nova publicação para dialogar com especialistas da comunidade.
Criar uma publicação
Tadeu Salle
Universidad Federal Do Rio Grande do Sul UFRGS
27 de septiembre de 2023
Parabéns, Natanael! A abordagem do tema foi rica e pertinente. Com o tempo, talvez, nossos empresários queiram aproveitar suas ricas histórias escritas nos registros da existência das empresas para a tomada de decisões, embora sempre haverá alguns que se contentem em tomar decisões como se suas empresas fossem amnésicas. Abraço.
Titos Robel Soane
6 de diciembre de 2023

Muito bom. O tema é bastante relevante, embora para alguns países principalmente de África como Moçambique o assunto ainda é um utopia para o criador rural que contribuem em mais de 70% da produção nacional. No entanto a transformação é necessária se queremos acompanhar a evolução da avicultura, e nós profissionais da área temos um papel fundamental no processo.

Luis Fernando Vergamini Luna
Opta Alimentos e Insumos
26 de septiembre de 2023
Parabéns pelo artigo Natanael!
Sinto que os aspectos de sensibilização das lideranças ainda não estão definidos e dependendo do fundamento técnico, cada empresa estabelece o seu particular. Como sugestão, os núcleos de informação(NI) sanidade, nutrição/performance e rendimento de carcaça, podem ser agrupados e buscarmos índices de relevância intra-NI e entre NI.
Cordialmente,
Luis Luna
Junte-se à Engormix e faça parte da maior rede social agrícola do mundo.
Iniciar sessãoRegistre-se