Argentina confirma status "livre" para duas enfermidades suínas

Data de publicação : 05/12/2013
Fonte : Suinocultura Industrial

Como parte da vigilância epidemiológica das doenças dos suínos, a Argentina realizou testes em mais de 6 mil animais, provenientes de 836 estabelecimentos. As amostras, processadas e analisadas no laboratório do Serviço Nacional de Saúde Animal e Qualidade Alimentar (SENASA, em espanhol), confirmaram o status "livre" para duas enfermidades suínas. São elas a peste suína clássica (PSC) e a síndrome reprodutiva e respiratória dos suínos (PRRS).

Análises com outras doenças, nunca registradas no país - como a gastroenterite transmissível e a peste suína africana - também foram feitas e o resultado foi satisfatório, ou seja, não há indícios da presença destas enfermidades na suinocultura argentina. No entanto, a análise das amostras de soro permitiu a detecção da doença de Aujeszky em algumas propriedades do país. Para o controle da doença, o SENASA registrou os resultados de sorologia positiva e a realização de procedimentos de acordo com cada caso. Com informações do The Pig Site.

 
remove_red_eye 91 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved