Suinocultura global: bons produtos e assistência técnica fazem o diferencial competitivo no agronegócio

Data de publicação : 12/02/2008
Fonte : Giovana de Paula, Jornalismo Integrado
A associação de bons produtos com uma assistência técnica de qualidade tem determinado as relações entre produtores e empresas no agronegócio. Esta é a conclusão após a conversa com produtores da região de Santa Rosa, RS. De acordo com o suinocultor Tarcísio Oliveira, a assistência técnica, associada a um produto que atenda às necessidades da granja é o grande equilíbrio a se buscar para atingir a eficiência do plantel. “Com o trabalho desenvolvido na minha granja, melhoramos o número de animais nascidos, o peso dos leitões e, conseqüentemente, o resultado final da produção”, explicou. “Em nossa granja a produtividade é medida e analisada e estamos amplamente satisfeitos”, disse o produtor. Segundo o também suinocultor Rudinei Boufleuer, com a inclusão da nutrição da Uniquímica e com o amplo trabalho desenvolvido pela equipe da empresa na sua granja, o Ganho de Peso Diário melhorou amplamente. “Melhoramos nosso resultado em 8%”, explicou o produtor. “São nítidos os resultados”, disse Boufleuer. De acordo com a Médica Veterinária da Uniquímica, Anamaria Vargas, para a obtenção de resultados zootécnicos adequados, é preciso atenção a uma infinidade de fatores. “É preciso ver a suinocultura de forma global”, explicou. “É como uma empresa. Se um setor não vai bem, todos são comprometidos”, explicou. “É preciso analisar aspectos sanitários, a nutrição, biosegurança, treinamento de funcionários da granja e muitos outros”, diz. “É preciso ver o todo para focar nos resultados”, explicou. Para o suinocultor Clóvis Stolarsk, com este método de trabalho, os resultados são vistos ‘até na pele’ dos animais. “A pele reflete muito a qualidade dos produtos e assistência técnica”, disse. “É um espelho que reflete o trabalho feito na granja”, explicou. “Hoje dá gosto de entrar na minha granja”, disse. Ele destaca amplamente a qualidade da equipe da Uniquímica para a resolução dos problemas. “Na suinocultura não podemos trabalhar com empresas que somente aparecem na granja a cada quinze dias. O trabalho é contínuo. Somente assim conseguimos atingir os resultados”, disse.
 
Mencionado nesta notícia:
 
remove_red_eye 472 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
Copyright © 1999-2022 Engormix - All Rights Reserved