PorkExpo 2010: A Nova Década da Carne Suína Mundial

Data de publicação : 23/08/2010
Fonte : AnimalWorld

A produção mundial de carnes vai aumentar 19,9% até 2015, chegando a 319 milhões de toneladas, impulsionada pela adesão de novos consumidores nos países emergentes da Ásia, África e América Latina. E a carne suína, a mais consumida do planeta, vai seguir esse caminho, crescendo 16,70%, no mesmo período e atingindo 123 milhões de toneladas. O que garante a posição de proteína animal mais consumida no planeta pelo menos até 2018.

Os destaques deste mercado são um dos assuntos que vão dominar os três dias de debates da "PorkExpo 2010 e V Fórum Internacional de Suinocultura", que vai ser realizada de 14 a 16 de setembro, no estação Convention Center, em Curitiba (PR). Serão três mil congressistas e um público total de mais de vinte mil pessoas, entre produtores, empresários, pesquisadores, professores e estudantes de 50 países.

Esta edição traz à capital paranaense especialistas internacionais como John Ratcliff, consultor da maior rede de supermercados do Reino Unido, a Tesco, e responsável pela seleção de fornecedores e fábricas do grupo, uma autoridade mundial em segurança dos alimentos. Jonathan Banks, que dirigiu durante dez anos a Nielsen Business, uma das mais destacadas empresas de pesquisa de varejo do planeta, com 42 mil colaboradores espalhados pelo mundo. Andzrej Sosnicki, Diretor de uma das três maiores empresas de Genética suína do mundo e um expert quando o assunto é como será a produção sustentável de carnes do futuro. E Washington Olivetto, o publicitário mais reconhecido do Brasil, vencedor de mais de trinta "Leões de Ouro", e que criou especialmente para o evento uma proposta inédita de comercialização da carne suína saudável e saborosa dentro do Brasil.

Os preços da carne suína pagos ao criador brasileiro estão em plena recuperação em 2010. A carne vem sendo mais consumida pela população, o que está compensando plenamente a queda nos volumes das exportações, verificada no primeiro semestre deste ano, principalmente por causa da crise das contas públicas em países europeus como Espanha, Itália e Turquia (269,70 mil toneladas, queda de 8,42%). Em compensação, o preço internacional alcançado pelo produto brasileiro subiu, com a receita cambial elevando-se em quase 15% por causa da valorização do real diante do Dólar e do Euro (US$ 661,3 milhões, aumento de 13,4% sobre o ano passado). Outro ponto importante e que vem mudando o panorama do mercado de alimentação é a alta no preço das commodity, motivada principalmente pela quebra da safra russa de trigo e pela elevação das cotações de soja. É um momento importante para o suinocultor nacional, que vem participando ativamente do Plano Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), projeto desenvolvido em seis estados brasileiros para aumentar o consumo per capita em nosso país para 15 quilos por habitante ao ano, o que vai exigir pelos menos mais 200 mil matrizes no rebanho brasileiro e mais de um bilhão de reais de investimentos em instalações, alimentação, trabalhadores e produtos veterinários. O PNDS vai ter um espaço forte na PorkExpo, com várias palestras e reuniões da direção de todas as entidades de classe do segmento.

Outro grande desafio brasileiro é iniciar o primeiro modelo de rastreabilidade da carne suína do país, que vai ter o pontapé inicial numa mesa redonda inédita, que será realizada durante o evento, com a presença de duas das mais importantes entidades ligadas á carne suína rastreada da União Europeia, a AENOR, da Espanha, e o Instituto do Suíno da França, o IFIP. O painel de rastreabilidade vai contar, ainda, com representante dos produtores, da entidade máxima do segmento (Associação Brasileira dos Criadores de Suínos - ABCS) e da Brasil Foods, a maior integradora de carne e produtos derivados de suínos do país.

A "PorkExpo 2010 e V Fórum Internacional de Suinocultura" vai mostrar também a Feira de Negócios, com a presença de100 empresas brasileiras e estrangeiras, num espaço de cinco mil metros quadrados. A "Noite da Carne Suína", dia 15 de setembro, com pratos e cortes modernos elaborados para o novo perfil do consumidor brasileiro. A entrega dos Prêmios "Porkworld de Suinocultura", "Melhores da Suinocultura Agriness" e os "Melhores Trabalhos Científicos", que homenagea as melhores pesquisas de estudantes de toda a América Latina nas áreas de Sanidade, Reprodução e Nutrição.

 
Mencionado nesta notícia:
 
remove_red_eye 156 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved