Uso de proteases na nutrição animal. Juan Ruiz (Novus).

remove_red_eye 470 forum 8 bar_chart Estatísticas share
Compartilhar :
close
As informações de vídeo
Ver mais
29 de Agosto de 2018
Muito bom Juan! abraços, Vanice
Responder
30 de Agosto de 2018
Gostaria sempre me manter infordo sobre a área de criação das aves.
Responder
31 de Agosto de 2018
Gosto d estar mas próximo das informações como essas
Responder
31 de Agosto de 2018
Gostaria de saber mais sobre melhoramento na cultura de suíno
Responder
Thais Radaeli Gheler Thais Radaeli Gheler
Zootecnista, mestrado em produção animal
1 de Setembro de 2018
Parabéns! Juan
Sucesso sempre!
Gde abs
Responder
1 de Setembro de 2018
Não ficou muito claro para mim algumas informacões relatadas pelo Dr Juan, se não vejamos;-- Quanto ao uso das proteases , penso que deveria estratificar as informacões , considerando as fases de criacão dos suínos . Por exemplo, as proteases seriam mais efetivas para os leitões no pós desmame , em razão , não somente da menor capacidade digestiva dos animais , mas principalmente devido as acões das enzimas na diminuicão da fracões alergênicas da soja ;-- acredito que a proteína do farelo de soja representa mais que 50% da proteína das racões dos suínos e das aves, como afirmado.;-- quando relata que 70% da proteina não digerida que chega ao intestino grosso é províniente do farelo de soja , pode dar a falsa ideia de que a sua proteina é de muito baixa digestibilidade. Acredito não ser esta a afirmativa
Finalmente gostaria de acrescentar, uma possibilidade que não é explorada, é o fato que ao se utilizar as proteases nas racões dos leitões no pós desmama, o nível de lactose pode ser diminuido..
Responder
12 de Março de 2019
Muita alegria por ver o competentíssimo amigo de longa data.
Responder
13 de Janeiro de 2020
Excelente publicação. A Engormix, através de seus colaboradores, tem nos trazido muito subsidio para nosso arquivo profissional. Meus parabéns ao Dr. Juan.
Responder
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
 
   | 
Copyright © 1999-2020 Engormix - All Rights Reserved