Brasil - Tratamento contra doenças entéricas

Data de publicação : 22/02/2008
Fonte : Giovana de Paula

Quando utilizamos a melhor forma de combater as doenças entéricas, uma série de preocupações referentes a este problema deixam de fazer parte do cotidiano da produção agropecuária.

Um exemplo é a utilização da Colistina Solúvel. O antibiótico peptídico produzido com a qualidade Uniquímica não deprime espécies da flora benéfica da microbiota intestinal (Lactobacillus spp., Bifidobacterum ssp.)

Seu uso é permitido na prevenção e tratamento de doenças causadas por bactérias sensíveis à Colistina, mesmo durante a fase de produção de ovos e leite.

É de fácil manuseio e administração massal, através da ração, água de bebida e leite.

O produto possui alta efetividade no controle de enterites bacteriana.
Efetiva ação local no lúmen intestinal e concentrações plasmáticas muito baixas.

A Colistina Solúvel desorganiza a membrana celular bacteriana causando perda de material intracelular, interfere no metabolismo oxidativo da bactéria, matando-a.

O produto oferece conforto e segurança no transporte da medicação e praticidade de administração, além de não requerer condições especiais de conservação e estocagem.

A Colistina é produzida a partir do Sulfato de Colistina produzido pela Meiji Seika Kaisha Ltd. (Japão), com registro na Comunidade Européia.

O antibiótico possui flexibilidade terapêutica em quadros clínicos que requerem a associação com vários compostos antibióticos.

Resultados: segundo aponta Médico Veterinário da Uniquímica, Federico Puga, com relação aos dados comparativos de produção com o uso da Colistina Solúvel e sem a mesma tem-se alcançado resultados, confirmados por alguns criadores, que ao utilizar o antibiótico em pintinhos de corte de um dia de nascidos, ou seja, colocando o produto desde a primeira água de bebida até 3 a 5 dias de consumo à uma diferença de ganho de peso de até 20 gramas com relação a um lote controle sem o consumo do produto na primeira semana, assim como uma diminuição da mortalidade a partir da segunda semana. Isto é atribuído a eficácia de atuação da Colistina Solúvel que elimina as bactérias maléficas, Escherichia Coli, do trato Gastro Intestinal mantendo o mesmo mais limpo facilitando a absorção dos nutrientes fornecidos através da alimentação.

“Se tomarmos este ganho de peso de 20 gramas e projetamos a um resultado final de abate, poderemos verificar o grande beneficio econômico que obteremos ao usar a Colistina Solúvel a partir do primeiro dia em lotes de pintinhos”, explica Puga.

 
remove_red_eye 1523 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2020 Engormix - All Rights Reserved