Custo de produção de frangos sobe apesar de queda no gasto com nutrição

Data de publicação : 18/04/2019
Fonte : Carnetec

O custo de produção de frangos de corte medido pela Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (Cias) subiu 0,24% em março, interrompendo a trajetória de queda observada desde o início do ano, segundo dados da Cias/Embrapa divulgados na quarta-feira (17).

A alta ocorreu devido ao aumento de 1% no custo de aquisição de pintos do dia, o que cancelou o impacto da queda de 0,8% nos custos de nutrição no período. O custo de nutrição teve um peso de 67,62% na composição do índice de custo de produção de frango (ICPFrango).

No ano, o ICPFrango acumula redução de 0,57%, enquanto o custo de nutrição cai 1,65%.

O custo de produção do quilo de frango de corte vivo no Paraná em aviário tipo climatizado em pressão positiva subiu para R$ 2,80 em março.

ICPSuíno continua a cair
O custo do quilo vivo de suíno em sistema de ciclo completo em Santa Catarina caiu para R$ 3,81 em março, o menor valor registrado desde março de 2018.

O índice de produção de suínos da Cias, ICPSuíno, teve redução de 0,39% em março ante fevereiro. O custo de nutrição, que teve um peso de 76,5% na composição desse índice em março, caiu 0,47% no período.

No ano, o ICPSuíno acumula queda de 0,57%.

 
remove_red_eye 130 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
"Curtidas" do Influencers: João Dionísio Henn
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
 
   | 
Copyright © 1999-2020 Engormix - All Rights Reserved