engormix
search
search
O serviço não está disponível para entrar em contato com esta empresa desde Estados Unidos

Problemas comuns em porcas reprodutoras

Publicado: 08/07/2021
Autor/s. : Arança Castellón, Gerente técnico-comercial Nacional

Problemas comuns em porcas reprodutoras - Image 1

Problemas comuns em porcas reprodutoras

A alta prolificidade das linhas genéticas modernas proporciona produtividade extraordinária, mas ao mesmo tempo aumenta a frequência do aparecimento de problemas que, se não gerenciados corretamente, aumentam a taxa de substituição. Entre os principais desafios podemos citar:

Mastite-metrite-agalactia (MMA)

Durante o parto prolongado, é produzida uma secreção de adrenalina que impede a ação da ocitocina (hormônio responsável pela contração do miométrio uterino durante o parto e pela expulsão do colostro para as glândulas mamárias para alimentação dos leitões). Da mesma forma, nesses partos complicados, nem todo o conteúdo é normalmente expelido (restos fetais, placenta...) e é necessária a ação do operador, que geralmente lesa o epitélio e a mucosa do útero e / ou vagina. Tudo isso leva ao aparecimento da síndrome de MMA.

No caso das condições subclínicas, estas tendem a passar despercebidas e as consequências econômicas podem ser significativas devido ao grande número de animais afetados. No entanto, os quadros clínicos do MMA também acarretam perdas significativas para o fazendeiro (mesmo que pontuais), pois estão diretamente relacionadas ao aumento da mortalidade de porcas e leitões afetados.

Prolapses

Nos últimos anos, observou-se nas porcas um aumento dos prolapsos vaginais, uterinos e retais, normalmente relacionados ao momento do parto. Isso levantou preocupações sobre seu impacto no bem-estar animal, mas também sobre as perdas que causa aos produtores. A etiologia ainda é desconhecida e considerada multifatorial, sendo o tamanho da ninhada, a condição corporal da porca, a presença de micotoxinas na ração, a predisposição genética e a nutrição, algumas das possíveis causas. Por outro lado, e apesar da escassez de dados em suínos, a hipocalcemia foi classificada como fator de risco para o aparecimento de prolapsos. 

Hipocalcemia subclínica em porcas

O cálcio é um nutriente fundamental que, juntamente com o fósforo, constituem os minerais mais abundantes no organismo. Ambos estão envolvidos em múltiplas funções biológicas, incluindo o fornecimento de suporte estrutural aos componentes do esqueleto. Durante a gravidez e a lactação, a demanda por estes aumenta significativamente. O seu destino principal são os fetos (assume especial importância durante o último terço da gestação), juntamente com a produção de leite (que contém um teor de cálcio particularmente elevado para ajudar na ossificação dos leitões recém-nascidos).

Normalmente essas necessidades são atendidas com formulações específicas das dietas, aumentando a ingestão alimentar ou c

Problemas comuns em porcas reprodutoras - Image 2

om alterações fisiológicas no metabolismo do cálcio e do fósforo. No entanto, um desequilíbrio em qualquer um dos pontos citados pode comprometer a saúde e o desempenho dos animais.

Síndrome da porca caída

 Essas altas necessidades de minerais (incluindo cálcio) durante o parto e durante a lactação levam a uma grande mobilização do principal reservatório: o tecido ósseo. Este processo pode levar à osteodistrofia com possíveis fraturas ósseas. Clinicamente, observam-se claudicação, dificuldade de locomoção, paraplegia e postura semelhante a de um cão sentado. O Dr. Lecay (2018) conduziu uma investigação clínica em animais com esta doença e observou que 91,6% dos casos estavam relacionados à hipocalcemia sérica. Por esse motivo, uma das recomendações para evitar o aparecimento dessa síndrome consiste na suplementação de cálcio na ração.

MasterCa

Na Liptosa trabalhamos para garantir uma abordagem holística aos problemas metabólicos e músculo-esqueléticos mais frequentes das porcas reprodutoras durante o periparto e a lactação.

Todos os componentes do MasterCa são essenciais para atingir seu objetivo. Em primeiro lugar, contém um conjunto de extratos botânicos que ajudam a manter a boa saúde e integridade intestinal, o fígado em ótimo estado, minimizando a incidência de problemas digestivos e cetose nas porcas. Por outro lado, inclui outro grupo de extratos botânicos que ajudam na produção de leite ideal para leitões. O produto é complementado com uma fonte de cálcio altamente biodisponível, o que reduz o impacto da hipocalcemia nestes momentos críticos para as porcas (também é útil contra a osteodistrofia associada à mobilização do cálcio dos ossos).

No curto prazo, MasterCa reduz o tempo de parição e a necessidade de intervenção manual; aumentando o número de nascimentos vivos e vigorosos. No longo prazo, observa-se uma redução no número de animais com claudicação, permitindo uma menor taxa de substituição nas granjas, além de aproveitar melhor o potencial produtivo da porca.

Resultados notáveis

A fim de quantificar os benefícios que o MasterCa traz para as fazendas com a maior precisão possível, estamos atualmente realizando vários testes com o MasterCa em diferentes fazendas na Espanha. Melhorias significativas foram observadas em parâmetros como:

  1. 1.Tempo de parição: redução em média de 60 minutos.
  2. 2.Peso ao desmame do leitão: 147g acima.

Esses são apenas alguns dos benefícios mais notáveis de nosso produto MasterCa. Para informações adicionais, entre em contato com nosso departamento técnico-comercial.

 
remove_red_eye 24 forum 0 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
Ver todos os comentários
Produtos
MasterCa é um alimento complementar formulado especificame...