Discussão criada em 04/05/2011

Banco de colostro

Como manter um banco de colostro de alta qualidade? Quais os fatores são levados em consideração na hora do seu armazenamento? Como realizar a avaliação da qualidade do colostro? O colostro tem validade?

Espero seus comentário.

Maíra Vasconcelos
Jornalista
remove_red_eye 2289 forum 7 bar_chart Estatísticas share print
Compartilhar :
close
9 de Maio de 2011
Um dos requisitos preconizados em normas de certificação de pecuária de leite é a colostragem adequada de bezerros.
Como alguns animais não produzem colostro adequado, em qualidade e quantidade, a manutenção de um banco de colostro se faz necessária. Para cumprimento deste requisito, indica-se a manutenção do banco por meio de criopreservação. Sendo preservado por um período de 180 dias, em freezer a -20?C.
Preconiza-se:
• Congelamento em garrafas de plástico (exclusivos para este fim) com capacidade para um ou dois litros;
• Coletar o leite logo após o parto;
• Preferencialmente utilizar embalagem plástica maleável, para que se possa evitar ar na garrafa e para expandir o leite no congelamento;
• Identificação individual das garrafas, com etiquetas contendo: número da vaca de origem do colostro, data de coleta, quantidade, etc.;
• Descongelamento em banho-maria até que o produto atinja 37ºC (suportável à pele), temperatura superior pode desencadear perdas de suas propriedades;
• Manter registro de congelamento e descongelamento.


Lembrando que:
Diversos autores indicam fornecer 4 litros de colostro, prontamente após o nascimento e, mais 2 litros 6 horas pós-parto.
O colostro deve ser ministrado nas primeiras 6 horas de vida do bezerro. Terminado este período não há assimilação com eficiência das imunoglobulinas.
Responder
Raphael Oliveira Raphael Oliveira
Pós-gradução em Veterinária
9 de Maio de 2011
Ordenhar a doadora o mais rápido possível para se obter uma melhor qualidade do colostro. Além disso deve-se esgotar todo o colostro a cada ordenha, como uma medida preventiva contra mastite.
O colostro pode ser testado e tipificado através de um instrumento chamado Colostrômetro (afere a densidade do colostro relacionada à quantidade de Imunoglobulinas G), onde:
Vermelho = Ruim – 20mg/ml IgG;
Amarelo = Intermediário – 21 a 50 mg/ml IgG;
Verde = Bom – acima de 50 mg/ml IgG;
Armazenamento sob congelamento em sacos ou frascos higienizados;
Utilizar primeiramente os mais antigos.
Responder
Jaime De Oliveira Filho Jaime De Oliveira Filho
Administrador Web
31 de Maio de 2011
Gostaria de saber sobre o uso de silagem de colostro pela pesquizadora ,se eu não me engano da Embrapa, se o sistema que ela pesquizou ,voces são favoráveis, pois achei muito prático.

Jaime de Oliveira Filho
Pós-graduado em Ovinocultura de Corte
Responder
1 de Junho de 2011
Prezado Jaime
Não utilizei a silagem de colostro, mas tenho colegas que usaram com sucesso. Há alguns procedimentos específicos de preparação e uso da silagem de colostro. Importante implementar estes requisitos e cumpri-los conforme a recomendação.
Na própria web você pode obter trabalhos técnicos que descrevem, em minúcias, o processo de preparação.
Importante salientar da necessidade de bom treinamento para o funcionário que irá preparar e administrar, este é ponto crucial para o sucesso da técnica.
Bom trabalho
Roberta
Responder
4 de Junho de 2011
Um colostro de qualidade é inicialmente o resultado de uma adequada dieta da vaca no pré-parto, ou seja uma proteína de baixa qualidade na dieta pré-parto pode resultar na síntese de colostro de baixa qualidade, além de influenciar negativamente o desenvolvimento fetal.

A maior % de anticorpos no colostro são de vacas com 3 ou mais partos, entretanto, essas vacas devem estar com uma boa saúde do úbere e ter recebido um adequado manejo nutricional no período pré-parto anterior. Com isso, torna-se importante manter um banco de colostro de alta qualidade para ofertar para bezerros órfãos ou bezerros de novilhas de 1° parto.

Nas propriedades, uma ferramenta indispensável para medir a qualidade do colostro é o colostrômetro já citado anteriormente. Em propriedade mais tecnificada, a qualidade da colostragem nos animais também pode ser observada pela concentração de albumina plasmática (proteína) das bezerras no 3° ou 4° dia de vida, mas para isso é necessário ter um refratômetro portátil e alguém para fazer a coleta do sangue (bezerras nascem com aproximadamente 5,2 g/dl de albumina plasmática e ao 3° dia devem estar acima de 5,5 g/dl, hoje em minha pesquisa elas estão em média com 8,1 g/dl).

Alguns pontos críticos observados nas propriedades que tem banco de colostro são:

1) Armazenamento de leite de transição como colostro (não deve ser feito, pois a composição química do colostro é diferente, assim como as concentrações de imunoglobulinas que são inferiores). É bom usar o colostrômetro antes e após o descongelamento do colostro para confirmar a sua qualidade em termos de imunoglobulinas;

2) Falta de higiene durante o armazenamento do colostro e consequente contaminação (congelar o colostro em garrafas pet higienizada ou em sacos plásticos espessos, se for em sacos plásticos usar 2 para evitar mistura com água no descongelamento);

3) Recongelamento do colostro (uma vez que foi descongelado o colostro, ele deve ser totalmente utilizado pelo comprometimento das imunoglobulinas);

4) Temperatura de descongelamento (o colostro deve ser descongelado em banho-maria e não em temperaturas elevadas, pois pode comprometer as imunoglobulinas , a temperatura de fornecimento do colostro já foi citada pela Roberta).

Saudações

Veridiana Souza
Responder
7 de Junho de 2011

O colostro de vaca contém de 3 a 4 vezes mais células somáticas (leucócitos polimorfonucleados) e uma atividade antibacteriana superior a do leite. Pode-se encontrar certas proteínas como, lisozima, componentes do complemento, lactoferrina, fosfatase alcalina, gamaglutamil-transferase e a presença de um fator antitripsínico. A lactoferrina, por exemplo, tem uma elevada afinidade pelo ferro e deste modo, juntamente com o sistema lactoperoxidase do colostro, contribuem acentuadamente como preventivo nas infecções orais e digesto-intestinais dos bezerros.
Os componentes do Complemento (C1, C2, C3 e C4) agem em sinergia com os anticorpos para a destruição das bactérias. Os leucócitos polimorfonucleares e, em particular, os grânulos neutrófilos, transportam e sintetizam cerca de 30 enzimas diferentes. Tais enzimas são potencialmente capazes de quebrar, praticamente, todas as ligações químicas conhecidas na natureza.
Responder
Marcos Luis Assoni Marcos Luis Assoni
encarregado em pecuária de leite
23 de Abril de 2017
Eu gostaria de saber se o colostro azeda??? Pois após o descongelamento fica parecendo q ta talhado e com cheiro azedo...
Responder
1
print
(2289)
(7)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Banco de colostro?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Criar nova discussão :
Se essa discussão não abrange temas de interesse ou levanta novas questões, você pode criar uma outra discussão.
Consultar um profissional em particular:
Se você tem um problema específico, você pode executar uma consulta em particular a um profissional em nossa comunidade.
Antônio Carlos Coutinho
Antônio Carlos Coutinho
Engenheiro Agrônomo
  João Pessoa, Paraiba, Brasil
 
   | 
Copyright © 1999-2019 Engormix - All Rights Reserved