engormix
search
search
Estaremos presentes no:
11 al 13 de Fevereiro de 2019
Atlanta, Georgia, Estados Unidos

"Linhas brancas e peito de madeira", as duas principais miopatias em frangos de corte

remove_red_eye 1744 forum 34 bar_chart Estatísticas share
"Curtidas" do Referentes: Liris Kindlein
Compartilhar :
close
As informações de vídeo
Ver más
(34)
Dino Garcez Dino Garcez
Médico Veterinário
DSM DSM
15 de Março de 2018
Da discussão acima (wooden breast em frangos) entendi que a causa raiz é genética então qual seria previsão da solução do problema? 4-5 anos?
Aproveito pra registrar minha apreciação em encontrar grandes amigos e especialistas em produção animal por aqui, em especial o Dr. Soncini e Dr. Bellaver mas também meu amigo e ex-colega de Avipal Hirã.
Um forte abraço todos.
Responder
16 de Março de 2018
Dino - Repetido do trabalho encaminhado pelo Navarro, que mostra que o efeito genetico tem baixa herdablidade (0,1) para breast muscle myopathies (BMM). Meu comentario ao Rutz foi apenas a uma das miopatias, as Estrias Brancas das 3 reportadas; na qual, os Peroxidos da dieta sao causa etiologica muito importante e que interfaceiam com a baixa h2.
Responder
Diomar Barro Diomar Barro
MÉDICO VETERINÁRIO
19 de Março de 2018
Dino Garcez ...minha experiência de campo recente mostra que a Genética JÁ TOMOU PROVIDÊNCIAS...vai precisar de tempo para a troca do material genético a campo...Um Geneticista famoso me informou a 3 anos que em 2 anos eles diminuiriam os casos...Até então, testamos um premix com niveis mais altos de alguns nutrientes e melhorou muito o problema...IMPORTANTE: A LINHAGEM USADA ERA COBB 500...Abraço!
Responder
19 de Março de 2018
Qual o tratamento para essa doença chamada peito seco que dá nas aves pequenas?
Responder
19 de Março de 2018

Gostaria de receber a apresentação:

Responder
19 de Março de 2018

Caro Alfredo Navarro, também gostaria de receber a apresentação:

Responder
19 de Março de 2018

Bom dia Alfredo Navarro e a todos, se possível envie par mim a apresentação.

Responder
19 de Março de 2018

Bom dia a todos!!!
Prezado Sr. Alfredo Navarro de Andrade, gostaria de ter acesso à referida palestra sobre Miopatia Peitoral Profunda, por gentileza.

Desde já agradeço pela atenção.
Meus cordiais cumprimentos.
Jorge K. X. de Melo

Responder
19 de Março de 2018

Boa tarde!

Caro Alfredo Navarro de Andrade.
Se possível, gostaria que encaminhasse o material citado. Estou trabalhando com a qualidade da carne de frangos de corte relacionado com a miopatia Wooden breast na minha dissertação. E certamente contribuíra para minhas pesquisas nesta área.

Obrigado!

Responder
Paulo Martins Paulo Martins
Diretor Técnico e Comercial BioCamp Laboratorios
29 de Abril de 2018
Apenas como informação:
- Nas 3 Américas o sistema de incubação utilizado, em mais de 90% das empresas, é o de cargas múltiplas. Este sistema, desenvolvido há mais de 60 anos, confia que a ventilação é suficiente para a distribuição de calor entre ovos com idades de incubação diferentes, de zero dia (necessitam de calor) a 18 dias de idade (necessitam de enorme refrigeração);
- Este sistema de incubação foi excelente, até 20 anos atrás, enquanto a liberação de calor pelo embrião, após os 12 dias de incubação, não produzia zonas superaquecimento dentro das máquinas; o metabolismo do frango garantia GPD de 50 g.
- Hoje, a distribuição de temperatura, dentro das máquinas de carga múltipla, não é uniforme. Existem bolsões de altas temperaturas que prejudicam enormemente o desenvolvimento embrionário; o metabolismo do frango garante um GPD de 70 g ou mais.
- Não raro encontramos pintos de um dia com gemas de até 10 gramas de peso (ou mais), quando deveriam ter, no máximo, 4 gramas;
- A não absorção adequada da gema, durante o desenvolvimento embrionário, conduz a redução absoluta de peso de todo o sistema cárdio-respiratório, fígado, baço e também de alguns outros órgãos (vários trabalhos científicos e experiência prática);
- Nessas condições, eu imagino (NÃO TENHO CERTEZA, NÃO SOU PESQUISADOR) que a VASCULOGÊNESE (desenvolvimento de novos vasos durante a fase embrionária), assim como a ANGIOGÊNESE (mecanismo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir dos já existentes) possam ser ambas fortemente prejudicadas;
- Como é a situação das miopatias peitorais na Europa, onde a maioria das máquinas de incubação de carga única possuem conceitos mais modernos e eficazes de distribuição de calor?
- E aqui no Brasil, há diferenças estatísticas de miopatias peitorais entre lotes de frangos oriundos de carga múltipla e única?
- OBS: alguns técnicos podem concluir que com taxas de eclosão de 90% tudo está OK com a máquina de incubação. Mas será que a qualidade desses 90% está OK? Será que entre eles não estamos produzindo uma porcentagem de "sobreviventes"?
Responder
3 de Maio de 2018

Prezado Alfredo:

Tenho visto este problema no Uruguai e Bolívia.
Se puderes me enviar esta apresentação ficaria muito grato.

Responder
3 de Janeiro de 2019
Caro Navarro, tenho interesse neste material, se puderes me enviar copia deste material.
Responder
Deseja opinar nesta discussão sobre: "Linhas brancas e peito de madeira", as duas principais miopatias em frangos de corte?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes
Comentar
Produtos
MYCOSORB® A+ é um aditivo adsorvente de micotoxinas...
OPTIGEN® II é um aditivo nutricional indicado para bovinos. ...
SEL-PLEXTM é um aditivo nutricional para alimentação a...