Engormix
Entrar o registar-me

Vitaminas frangos micotoxinas

Efeito de diferentes níveis de vitaminas sobre o ganho de peso de frangos de corte desafiados com micotoxinas.

Publicado o:
Autor/s. :
(422)
(0)

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da inclusão de dois níveis de vitaminas à dieta de frangos de corte, de 1 a 42 dias de vida, desafiados experimentalmente com micotoxinas. Foram usados 1800 pintos de um dia (Cobb, machos), distribuídos em oito tratamentos com 15 réplicas (15 aves em cada) em um delineamento fatorial (2 x 2 x 2) com dois níveis de vitaminas (baixo e ideal); dois níveis de aflatoxinas (0 e 0,5 ppm) e dois níveis de adsorventes de micotoxinas (0 e 10 kg/ton). Os parâmetros estudados foram consumo de ração (CR), ganho de peso (GP) e conversão alimentar (CA). A análise de variância dos dados foi feita para avaliar as diferenças estatísticas entre os tratamentos (P ≤ 0,05). Não foram observados efeitos nem do desafio com micotoxinas nem do adsorvente usado. A inclusão de níveis ideais de vitaminas aumentou (P < 0,05) o GP comparado com a inclusão de níveis baixos (3,128 vs. 3,199kg ± 0,021) e reduziu (P < 0,05) a CA (1,69 vs. 1,61 ± 0,03). Os resultados demonstram a importância do fornecimento de níveis ideais de vitaminas para garantir o ganho de peso de frangos de corte.

PALAVRAS-CHAVE: aflatoxina, adsorvente de micotoxinas, desempenho

 

INTRODUÇÃO

            As matérias-primas usadas na ração animal podem oferecer um ambiente propício para o crescimento de fungos que podem produzir metabólitos tóxicos (micotoxinas). Nesse contexto, as aflatoxinas, metabólitos tóxicos secundários produzidos pelas espécies de fungos Aspergillus flavus e Aspergillus parasiticus, têm um papel importante na cadeia dos alimentos (Pimpukdee et al, 2004). Vitaminas e adsorventes de micotoxinas podem ajudar a reduzir os efeitos tóxicos observados em animais (Nahm, 1995). Sabe-se que vitaminas são micronutrientes que participam de inúmeros processos metabólicos, e portanto são essenciais para a saúde e o bom desempenho dos animais. Além disso, o aumento na suplementação de determinadas vitaminas tem efeitos positivos, principalmente relacionados com a imunidade. Considerando os fatos acima, foi conduzido um estudo para comparar níveis OVN e níveis comerciais de vitaminas sobre o desempenho de frangos de corte desafiados com aflatoxinas.

 

MATERIAL E MÉTODOS

            Um total de 1.800 pintos de um dia Cobb 500 foram obtidos de um incubatório comercial. Os pintos foram arranjados em um delineamento inteiramente casualizado de oito tratamentos dietéticos. Havia 225 pintos em cada tratamento, e cada tratamento tinha 15 réplicas com 15 pintos cada em um delineamento fatorial (2 x 2 x 2) com dois níveis de vitaminas diferentes (baixo e ideal); dois níveis de aflatoxinas (0 e 0,5 ppm) e dois níveis de adsorventes de micotoxinas (0 e 10 kg/ton). Cada box continha cama usada, um comedouro tubular e uma linha de bebedouros tipo nipple. O aviário experimental foi aquecido com fornalhas de ar forçado e resfriado por ventilação de pressão negativa usando-se dois ventiladores de 48 polegadas puxando ar através de células de resfriamento. Os frangos receberam tratamento de luz seguindo recomendações do guia de manejo. Todas as dietas foram à base de milho e farelo de soja e oferecidas fareladas. O consumo de ração (CR), o ganho de peso (GP) e a conversão alimentar (CA) foram estudados. Os dados foram analisados como fatorial 2 x 2 x 2 por análise de variância usando o procedimento de Modelos Lineares Gerais do SAS (SAS Institute, 2000). Todas as declarações de significância são baseadas em um nível de probabilidade de 0,05.

 

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Os efeitos das aflatoxinas, níveis de vitaminas e de adsorventes sobre o desempenho dos frangos de corte em crescimento são apresentados na Tabela 1. Não houve interação entre os fatores estudados e a presença de aflatoxinas ou de adsorventes não afetou parâmetros de desempenho. Entretanto, as aves alimentadas com níveis mais altos de vitaminas tiveram maior GP e melhor CA (P<0,05) quando comparadas com aves recebendo níveis de vitaminas mais baixos. Dietas carentes em riboflavina e colecalciferol (vitamina D) podem aumentar significativamente a susceptibilidade dos frangos de corte a aflatoxinas, resultando em baixo ganho de peso (Santurio, 2000). Esse fato poderia sugerir que níveis mais altos de vitaminas podem ter ajudado as aves desafiadas com aflatoxinas.

 

Tabela 1 – Desempenho de frangos de corte suplementados com níveis diferentes de vitaminas com e sem aflatoxinas e adsorventes na ração (1 - 44 dias de idade).

Premix Controle

Premix OVN

 

Sem Aflatoxina

Aflatoxina

Sem Aflatoxina

Aflatoxina

P

Adsorvente:

Não

Sim

Não

Sim

Não

Sim

Não

Sim

CR, g

5,34

5,25

5,27

5,23

5,199

5,130

5,148

5,182

0,501

GP, g

3,17ab

3,161ab

3,07b

3,107ab

3,207a

3,201a

3,197a

3,192ab

0,048

CA, g/g

1,68bc

1,66b

1,72c

1,68b

1,62a

1,60a

1,61a

1,62a

0,006

 

CONCLUSÃO

            Intervenções dietéticas com níveis mais altos de vitaminas podem ser usadas para bloquear, atrasar ou reduzir os efeitos da exposição a aflatoxinas sobre o desempenho de frangos de corte.

 

REFERÊNCIAS

 

NAHM, K. H. (1995). Possibilities for preventing mytoxicosis in domestic folw. World Poultry Science Journal, 51, 177-185.

PIMPUKDEE, K., KUBENA, L. F, BAILEY, C. A., HUEBNER, H. J., AFRIYIE-GYAWU, E. and PHILLIPS, T. D. (2004). Aflatoxin-induced toxicity and depletion of hepatic vitamin a in young broiler chicks: protection of chicks in the presence of low levels of novasil plus in the diet. Poultry Science, 83:737–744

SAS Institute Inc. (2000). Statistical Analysis System, Version 8.0. Cary, NC. (Manual Online)

SANTURIO, J.M. (2000) Micotoxinas e micotoxicoses na avicultura. Revista Brasileira de Ciência Avícola, 2:1-12.

(422)
(0)
Deseja opinar nesta discussão sobre: Efeito de diferentes níveis de vitaminas sobre o ganho de peso de frangos de corte desafiados com micotoxinas.?
Engormix se reserva o direito de apagar e/ou modificar os comentários. Veja mais detalhes

Não serão publicados os comentários:

  • Com repetidos erros de ortografia.
  • Anúncios, Web sites ou endereços de e-mail.
  • Perguntas ou respostas irrelavantes para a discussão.
COMENTAR
    |     Quem somos nós?     |     Anuncie em Engormix
Copyright © 1999-2014 Engormix.com - All Rights Reserved